John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

Arsenal busca empate e Manchester City cai para o 4º lugar do Inglês

Vitória do Liverpool no sábado provoca mudança na tabela

Estadão Conteudo

02 de abril de 2017 | 14h10

O Manchester City esteve à frente do placar por duas vezes neste domingo, no Emirates Stadium, mas o Arsenal buscou o empate por 2 a 2 e derrubou o rival do terceiro para o quarto posto da tabela do Campeonato Inglês. Substituto do brasileiro Gabriel Jesus, o argentino Sergio Agüero voltou a deixar sua marca no City.


Com 58 pontos, o time comandado por Pep Guardiola perdeu o terceiro lugar da tabela para o Liverpool, que venceu o Everton por 3 a 1, no sábado, em casa. A disputa pelo posto não é por acaso. Somente os três primeiros colocados do Inglês se classificaram diretamente para a fase de grupos da Liga dos Campeões - o quarto precisa disputar uma fase anterior.



Já o Arsenal, com chances remotas de voltar ao Top 3 da tabela, conta com 51 pontos agora. Em sexto lugar, tenta ao menos a vaga na Liga Europa, concedida ao quinto colocado do Inglês. No momento esta vaga é do Manchester United. A liderança da tabela segue com o Chelsea, com seus 69 pontos, e cada vez mais perto do título.


Sob pressão no comando do Arsenal, o técnico Arsène Wenger teve apenas quatro minutos de alívio neste domingo. Foi o tempo necessário para a zaga do time londrino falhar em grupo e o City abrir o placar. Sané não teve problema nem para driblar o goleiro antes de mandar para as redes.


Mas o time da casa trouxe certa tranquilidade para o treinador aos 39 minutos, quando buscou o empate pela primeira vez na partida. Após cobrança de escanteio, um levantamento na área pegou a defesa do City desprevenida e Walcott empatou. A defesa do City pediu impedimento, mas o atacante estava em posição legal.


O City, contudo, voltou à carga antes mesmo do intervalo. Kevin de Bruyne fez jogada pela esquerda e a bola sobrou para David Silva, que acionou Agüero pela direita. O argentino não perdoou e bateu cruzado e rasteiro para deixar novamente o City em vantagem no placar, aos 41 minutos.


A nova igualdade no placar só veio depois do intervalo. Após cobrança de escanteio de Özil (voltando ao time) na área, Mustafi subiu mais que a zaga do City e cabeceou no canto, aos 7 minutos da etapa final, decretando o empate no placar pela segunda e última vez no confronto.


Mais cedo, Swansea City e Middlesbrough fizeram um jogo de desesperados. Jogando em casa, o Swansea desperdiçou oportunidades de gol e perdeu a chance de se afastar da zona de rebaixamento ao ficar no 0 a 0. O Middlesbrough segue com alto risco de queda, na penúltima colocação. O Swansea é agora o 17º colocado, apenas uma posição acima da zona da degola.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol Internacionalfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.