Paul Faith/AFP
Paul Faith/AFP

Arsenal busca empate nos acréscimos e depois vence o Chelsea nos pênaltis

Gunners fazem 6 a 5 sobre rival nas penalidades, após 1 a 1 no tempo regulamentar

Estadão Conteúdo

01 Agosto 2018 | 18h49

Depois de conseguir empatar a partida nos acréscimos, o Arsenal venceu o Chelsea nos pênaltis por 6 a 5 nesta quarta-feira pelo torneio amistoso International Champions Cup. A partida foi realizada em Dublin, na capital da Irlanda, e terminou em 1 a 1 no tempo regulamentar.

+ Chapecoense perde para Torino em amistoso para homenagear vítimas de tragédias

+ Membros da banda Pussy Riot que invadiram campo durante final da Copa são soltos

Depois de os cinco jogadores de cada lado converterem as cobranças, a partida foi decidida no início das alternadas. Abraham, do Chelsea, cobrou no canto direito e Petre Cech fez a defesa. Na sequência, Nelson bateu e garantiu a vitória para o time vermelho e branco.

O Chelsea, de uma maneira geral, foi melhor em campo e poderia ter sacramentado a vitória no primeiro tempo. O time, que contou com o zagueiro brasileiro David Luiz e do volante naturalizado italiano Jorginho entre os titulares, abriu o placar logo aos quatro minutos.

Fàbregas cobrou falta na área e Rüdiger cabeceou no canto esquerdo de Petr Cech. O time azul seguiu pressionando. Logo na sequência, Morata chegou a ampliar, mas estava em posição de impedimento.

Aos 14, Hudson-Odoi disparou no contra-ataque, invadiu a área e foi derrubado por Bellerín. O árbitro assinalou pênalti. Morata bateu rasteiro e Cech fez a defesa. O Arsenal não se encontrava em campo e Morata teve outra grande chance logo depois. Mas parou de novo nas mãos do goleiro do Arsenal.

Na etapa final, o Chelsea fez cinco substituições logo no início: entraram Zappacosta, Moses, Abraham, Ampadu e Emerson e saíram Azpilicueta, Morata, Rüdiger, Marcos Alonso e Pedro. O Arsenal tirou inicialmente apenas Smith Rowe e coloca Iwobi. Na sequência, os times mexeriam bastante na formação.

O Arsenal, então, melhorou um pouco. Özil disparou em contra-ataque e tocou para Lacazette, que deu uma caneta em Christensen e bateu para fora. O Chelsea passou a se fechar mais no campo de defesa para segurar o resultado e foi pressionado.

Iwobi teve boa chance de empatar, mas parou no goleiro Bulka, que havia entrado na vaga de Caballero. Na sequência, o Arsenal conseguiu escanteio. Faltando cinco minutos para o fim, o Chelsea colocou o brasileiro Lucas Piazon em campo.

O Arsenal seguiu insistindo e conseguiu o empate aos 47. Nelson cruzou para a área e Lacazette escorou de perna esquerda para deixar tudo igual e levar o jogo para os pênaltis. Nas cobranças, Piazon foi um dos que marcou para o Chelsea. Mas Abraham parou em Cech e, na sequência, o Arsenal garantiu o triunfo com Nelson.

OUTROS AMISTOSOS

A quarta-feira contou com uma série de amistosos. Entre eles destaque para o empate entre Leicester e Valencia em 1 a 1, para a vitória do Southampton por 3 a 2 sobre o Celta de Vigo e o triunfo de 1 a 0 da Sampdoria sobre o Fulham.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.