Arsenal e Lanús vão à fase de grupos da Copa Libertadores

O primeiro deles - ambos são argentinos - vai disputar a nova fase da competição contra o Fluminense

EFE

06 de fevereiro de 2008 | 09h13

Mesmo sendo derrotado na Venezuela por 2 a 1 para o Mineros, o Arsenal de Sarandí, da Argentina, garantiu na terça-feira à noite sua vaga no grupo do Fluminense na Copa Libertadores.  O outro classificado é o Lanús, também argentino, que venceu o Olmedo por 3 a 0.Como havia vencido a partida de ida, na Argentina, por 2 a 0, o Arsenal completou o Grupo 8 da competição, que além do Fluminense tem ainda o LDU, do Equador, e o Libertad, do Paraguai. O Mineros de Guiana abriu o placar aos 47 minutos do primeiro tempo, com o volante brasileiro Ederlei Pereira, em pênalti marcado pelo árbitro Leonardo Gaciba. O empate do clube argentino saiu antes do primeiro minuto da etapa completar, com José Luis Calderón, que desviou após cobrança de falta pela direita. Com o gol marcado fora de casa, o Arsenal teria de perder por uma diferença de três gols para ficar sem a vaga, mas mesmo assim a equipe venezuelana partiu para o ataque. O gol da vitória do Mineros foi marcado pelo zagueiro brasileiro Jailson dos Santos, de cabeça, aos 13 do segundo tempo. Em vantagem no marcador, a equipe venezuelana partiu para o ataque para tentar sua classificação, mas o Arsenal soube controlar a vantagem que tinha no confronto e volta para a Argentina com a vaga garantida na fase de grupos da Libertadores.LANÚS VENCEJá o Lanús, da Argentina, venceu o Olmedo, do Equador, por 3 a 0, e se também se classificou para a fase de grupos. Na partida de ida, disputada no Equador, a equipe argentina havia sido derrotada por 1 a 0. A vitória do Lanús foi toda construída no segundo tempo. O placar foi aberto aos 13 minutos da segunda etapa, em uma cabeçada do meia Fritzler, aproveitando falha do zagueiro Perlaza. Vinte minutos depois, foi a vez do meia Santiago Biglieri ampliar, após passe de Valeri, que recebera a bola em posição duvidosa. A equipe fechou o placar aos 38, em bela cobrança de falta do lateral Maxi Velázquez. Com a vitória, o Lanús garante classificação para o grupo 2 da Libertadores, ao lado de Danubio, do Uruguai; Deportivo Cuenca, do Equador, e Estudiantes de la Plata, da Argentina.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.