Arsenal e Milan fazem jogo mais aguardado das oitavas da Liga

Atual campeão da competição vai a Londres encarar o líder do Campeonato Inglês, nesta quarta-feira

Efe

19 de fevereiro de 2008 | 17h49

O Arsenal e o Milan protagonizam no Emirates Stadium, com transmissão ao vivo da rádio Eldorado/ESPN (à partir das 16h15) um dos jogos mais atrativos das oitavas-de-final da Liga dos Campeões, pois envolve simplesmente o atual campeão do mundo e o líder do Campeonato Inglês. Veja também: Lyon recebe Manchester preocupado com poder ofensivo rival Fenerbahçe de Zico recebe Sevilla pelas oitavas da Liga Contando com 'Quarteto Fantástico', Barça enfrenta o Celtic Porém, a equipe londrina chega em um momento complicado, após ter sido goleada por 4 a 0 pelo Manchester United, na Copa da Inglaterra, resultado que valeu sua desclassificação. A equipe londrina, comandada pelo técnico francês Arsene Wenger, tentará avançar na competição européia diante de um Milan que tem que lidar com problemas no gol. O Arsenal ainda sente os ferimentos provenientes da desclassificação da Copa da Inglaterra, porém ainda sabe que a conquista da principal competição de clubes da Europa é sua meta principal neste ano. Além disso, o time inglês terá que lidar com vários problemas de lesão, entre eles do goleiro espanhol Almunia, o que deve abrir espaço para o retorno do goleiro alemão Jens Lehmann. Quem também deve retornar à equipe titular do Arsenal é o atacante togolês Emmanuel Adebayor, que ficou no banco no jogo contra o Manchester, e o meia francês Flamini. Além disso, estão liberados para o jogo o francês Bacary Sagna, que perdeu a partida contra o Manchester, o inglês Theo Walcott, recuperado de uma lesão na perna, e o brasileiro Denílson, que superou uma contratura. No entanto, o time londrino ainda tem vários desfalques, como o marfinense Johan Djourou, o holandês Robin van Persie, o francês Abou Diaby e o tcheco Tomas Rosicky. Um dia antes da partida o técnico do Arsenal disse que o time italiano é o favorito "por muito pouco". "Eles têm a experiência e venceram a competição na última temporada, o que nos faz enfrentar um grande desafio", declarou Wenger. Além disso, o comandante da equipe inglesa disse que este jogo "definirá" se seus jogadores "podem ou não vencer esta competição". "Caso não se jogue o melhor futebol contra o Milan, você está fora", afirmou. Por outro lado, o Milan chega desanimado após os últimos resultados negativos no Campeonato Italiano e sob o impacto da lesão do brasileiro Ronaldo.ArsenalLehmann; Hoyte, Gallas, Touré e Traoré; Eboué, Fabregas e Gilberto Silva; Adebayor, Eduardo da Silva e BendtnerTécnico: Arséne WengerMilanKalac; Bonera (Oddo), Nesta, Kaladze e Maldini; Gattuso, Pirlo e Ambrosini; Kaká e Seedorf; GilardinoTécnico: Carlo AncelottiÁrbitro: Calus Bo Larsen (DIN)Estádio: Emirates StadiumHorário: 16h45Rádio: Eldorado/ESPN 700AMTV: Record e ESPN No entanto, o técnico Carlo Ancelotti deve conseguir recuperar o goleiro australiano Kalac, que foi o titular nos últimos jogos e que sofreu uma luxação no dedo indicador da mão direita. Desfalque certo é o brasileiro Dida, que continua com fortes dores nas costas. Porém, a notícia mais animadora é o retorno de Alexandre Pato, que se recuperou de uma torção no tornozelo esquerdo mais que deve ficar como opção no banco. Assim, o Milan deve entrar em campo com apenas um atacante, o italiano Gilardino, que deve contar com o apoio do brasileiro Kaká e do holandês Clarence Seedorf. O esquema a ser adotado é o 4-3-2-1. A única dúvida na escalação inicial está na lateral-direita, onde Bonera parece ter mais opções de jogar que Oddo.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga dos Campeões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.