Adam Davy/AP
Adam Davy/AP

Arsenal goleia e se mantém em 4º no Inglês; Chelsea bate o Tottenham em clássico

Gunners continuam na zona de classificação para Liga dos Campeões com vitória por 5 a 1, sobre o Bournemouth; blues vencem duelo londrino por 2 a 0

Redação, Estadão Conteúdo

27 de fevereiro de 2019 | 19h26

A disputa do título do Campeonato Inglês está entre Liverpool e Manchester City. Mas a briga do terceiro ao sexto lugares, que valem vaga nas competições europeias da próxima temporada, está muito acirrada entre os outros quatro grandes clubes do país. Nesta quarta-feira, pela 28.ª rodada, Arsenal, Manchester United e Chelsea venceram e ficaram mais perto do Tottenham, derrotado no clássico de Londres contra o time de Stamford Bridge.

O resultado mais expressivo foi conquistado pelo Arsenal, que aplicou uma goleada de 5 a 1 sobre o Bournemouth, no Emirates Stadium, em Londres. Com 56 pontos, o time se mantém na quarta colocação - a última que dá vaga na Liga dos Campeões da Europa. E ficou mais perto do Tottenham, em terceiro com 60, que perdeu como visitante para o Chelsea, o sexto com 53 pontos e um jogo a menos, por 2 a 0.

Na cola do Arsenal está o Manchester United, que bateu com autoridade o Crystal Palace por 3 a 1, em Londres, e está com 55 pontos na quarta colocação. O nome do jogo foi o centroavante belga Romelu Lukaku, autor dos dois primeiros gols do time comandado pelo técnico norueguês Ole Gunnar Solskjaer, que segue em uma grande recuperação após a demissão do português José Mourinho no final do ano passado. Ashley Young fez o terceiro dos visitantes, enquanto que Joel Ward diminuiu para a equipe londrina, apenas a 14.ª colocada com 30 pontos.

Na goleada aplicada pelo Arsenal, o destaque foi o jogo coletivo do time. Com bom toque de bola, os gols saíram com facilidade tanto no primeiro como no segundo tempo. E cada um do setor ofensivo marcou o seu. Os meias Özil e Mkhitaryan anotaram os dois primeiros antes do intervalo - Mousset chegou a diminuir para o Bournemouth. Na segunda etapa, o zagueiro Koscielny fez o terceiro e os atacantes Aubameyang e Lacazette completaram o placar.

No clássico da rodada, o Chelsea foi dominante contra o Tottenham. E parece ter superado a polêmica do último domingo na final da Copa da Liga Inglesa contra o Manchester City. Após se recusar a deixar o campo, o goleiro espanhol Kepa foi barrado pelo técnico italiano Maurizio Sarri e ficou na reserva - o argentino Caballero foi o titular.

Em campo, os gols só saíram no segundo tempo. O primeiro saiu aos 12 minutos com o atacante espanhol Pedro - ele recebeu a bola em profundidade pela direita e chutou cruzado. Na pressão em busca do empate, o Tottenham foi traído pelo lateral-direito Trippier no final. Aos 39, o jogador recuou para Lloris, mas o problema é que o goleiro já estava no meio do caminho, foi pego no contrapé e viu a bola morrer dentro da sua meta.

Fechando a rodada, o Southampton bateu em casa o Fulham por 2 a 0 e deixou a zona de rebaixamento. Chegou aos 27 pontos, em 17.º lugar, e ultrapassou o Cardiff City, que está com 25 agora na 18.ª colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.