Arsenal perde em casa e fica com vaga direta ameaçada

Brigando pelo título inglês até três rodadas atrás, o Arsenal agora corre o risco até mesmo de perder a vaga direta na Liga dos Campeões. Neste domingo, o time londrino perdeu em casa para o Aston Villa, por 2 a 1, e não depende mais de si para se manter em terceiro até o fim da competição.

AE, Agência Estado

15 de maio de 2011 | 14h32

Também neste domingo, o Liverpool perdeu em casa para o Tottenham por 2 a 0 e viu o rival ultrapassá-lo na quinta posição do Inglês. O West Ham perdeu para o Wigan por 3 a 2 e já está matematicamente rebaixado. Já o Birmingham ficou à beira da zona da degola ao perder para o Fulham, em casa, por 2 a 0.

A uma rodada do fim do Campeonato Inglês, o Arsenal já abandonou até a briga pela segunda posição, que fica com o Chelsea. O mais curioso é que a equipe de Arsène Wenger só venceu uma vez nas últimas quatro rodadas, exatamente o campeão Manchester United, e perdeu três vezes, para Bolton, Stoke e agora o Aston Villa. Bent marcou duas vezes no início do jogo e Van Persie só descontou no último minuto.

O Arsenal tem 67 pontos, contra 65 do Manchester City, que joga na terça, contra o Stoke, fechando esta 37.ª rodada. No encerramento da competição, o Arsenal pega o Fulham, enquanto o City enfrenta o Bolton, ambos como visitantes.

Van der Vaart e Modric, de pênalti, fizeram os gols do Tottenham, que quebrou um tabu de vinte anos sem vencer o Liverpool na terra dos Beatles. O time londrino, aliás, chegou à sua segunda vitória fora de casa sobre um dos quatro grandes do futebol inglês na temporada do Inglês. Antes, havia ficado 17 anos sem conseguir uma sequer.

O resultado fez o Tottenham ir a 59 pontos, contra 58 do Liverpool, subindo à quinta posição. Os dois estão garantidos na Liga Europa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArsenalCampeonato Inglês

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.