Arsenal perde Ramsey e Iwobi por 3 semanas, mas terá retorno de Koscielny

A sequência de lesões segue atrapalhando o início de temporada do Arsenal. Na estreia do Campeonato Inglês, domingo, na derrota para o Liverpool por 4 a 3, a equipe viu o meia Aaron Ramsey e o atacante Alex Iwobi sofrerem lesões. E, segundo confirmou o técnico Arsène Wenger nesta quinta-feira, eles ficarão afastados por até três semanas.

Estadão Conteúdo

18 de agosto de 2016 | 09h22

"Os dois têm pequenos problemas musculares", explicou o treinador. "Iwobi tem um problema na coxa, enquanto Ramsey tem uma lesão muscular que o afastará por duas ou três semanas. Ainda assim, temíamos por algo pior no início."

Outros importantes desfalques são os zagueiros Gabriel Paulista, com um problema no tornozelo, e Mertesacker, que sofreu lesão no joelho e ficará afastado por até cinco meses. Wenger, aliás, detalhou como evolui a recuperação do brasileiro. "Serão de seis a oito semanas de recuperação. Mas é difícil avaliar agora porque ele está de gesso e ainda não consegue andar."

Entre tantos desfalques, a boa notícia pode ser os retornos do meia Özil, do atacante Giroud e do zagueiro Koscielny, que defenderam suas seleções na Eurocopa, se apresentaram mais tarde na pré-temporada e ainda não têm plenas condições de entrar em campo. "Estou considerando relacioná-los para o fim de semana", antecipou Wenger, referindo-se ao jogo contra o atual campeão Leicester, sábado, pelo Campeonato Inglês.

O único retorno confirmado, porém, devido aos inúmeros desfalques na zaga, é de Koscielny. "Com ele, basicamente, eu não tenho escolha. Se tiver que apostar em um, certamente será nele", adiantou Wenger.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.