Arsenal vence Fulham e sobe para terceiro no Inglês

O Arsenal ampliou a sua boa fase no Campeonato Inglês e conquistou a quinta vitória nos últimos seis jogos no torneio ao vencer o Fulham por 1 a 0, fora de casa, no Craven Cottage, em Londres, pela 33ª rodada da competição. Assim, se manteve no grupo dos quatro primeiros colocados, que garantem classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2013 | 13h09

Além disso, o Arsenal subiu para o terceiro lugar no Campeonato Inglês, com 63 pontos, dois a mais do que o Chelsea, que vai enfrentar o Liverpool, fora de casa, no domingo. A equipe também abriu cinco pontos de vantagem para o rival Tottenham, quinto colocado, que vai enfrentar o Manchester City, em casa, no domingo.

Neste sábado, o Arsenal ficou com um jogador a mais logo aos 11 minutos do primeiro tempo, com a expulsão de Sidwell, do Fulham. E a equipe aproveitou a vantagem numérica para abri o placar aos 43 minutos. Após cobrança de falta por Walcott, Koscielny ajeitou para Mertesacker, que concluiu de cabeça.

No segundo tempo, o Arsenal levou alguns sustos e teve Giroud expulso aos 44 minutos mas conseguiu manter a vantagem e garantiu a vitória que o deixou mais perto da classificação para a próxima Liga dos Campeões.

Também neste sábado, o sexto colocado Everton ficou mais longe de uma vaga no torneio europeu ao perder, fora de casa, o Sunderland por 1 a 0. West Bromwich Albion e Newcastle empataram por 1 a 1 e Swansea City e Southampton ficaram no 0 a 0.

Já o Stoke City venceu o lanterna Queens Park Rangers, fora de casa, por 2 a 0. Com dois gols de Bennett, o Norwich superou o penúltimo colocado Reading por 2 a 1, em casa. O West Ham, também em casa, venceu o Wigan, que está na antepenúltima posição, por 2 a 0.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato InglêsArsenal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.