Louisa Gouliamaki / AFP
Louisa Gouliamaki / AFP

Arsenal vence o Olympiacos na Grécia e abre vantagem na Liga Europa

Wolverhampton e Basel também encaminham classificação para as oitavas de final

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de fevereiro de 2020 | 19h47

O Arsenal deu um passo importante para avançar às oitavas de final da Liga Europa. Nesta quinta-feira, no estádio Karaiskakis, em Atenas, o time inglês superou o Olympiacos, da Grécia, por 1 a 0, e agora joga pelo empate em Londres na próxima semana para se classificar.

O gol da vitória da equipe do técnico Mikel Arteta saiu apenas aos 36 minutos do segundo tempo. Aubameyang recebeu lançamento pelo lado esquerdo, observou o deslocamento de Bukayo Saka e enfiou linda bola para o companheiro. O lateral cruzou rasteiro e o francês Alexandre Lacazette apareceu livre na pequena área para finalizar sem chance para o goleiro José Sá.

Wolverhampton, da Inglaterra, e Basel, da Suíça, também foram duas equipes que conseguiram resultados importantes nesta quarta-feira. Com três gols de Diogo Jota e outro de Rúben Neves, os ingleses golearam o Espanyol por 4 a 0 e levam uma ótima vantagem para decidir na Espanha. Já os suíços derrotaram o APOEL por 3 a 0, em Nicósia, no Chipre, e agora vão jogar em casa para confirmar sua classificação. O ex-palmeirense Arthur Cabral fez um dos gols.

A Roma abriu uma vantagem mínima contra o Gent, da Bélgica, ao vencer por 1 a 0, no estádio Olímpico, na Itália, com gol de Carles Pérez. O mesmo fez o Bayer Leverkusen diante do Porto. Na BayArena, o time alemão fez 2 a 1 e agora vai decidir em Portugal. Lucas Alario e Havertz, de pênalti, marcaram. Luis Díaz diminuiu.

Outro time da Alemanha na disputa, o Wolfsburg superou o Malmoe, da Suécia, por 2 a 1, de virada, em casa. Isaac Thelin abriu o placar para os visitantes, mas Josip Brekalo e Isaac Thelin (contra) garantiram o triunfo dos alemães.

Na Escócia, o Rangers chegou a estar perdendo para o Braga, de Portugal, por 2 a 0, mas conseguiu virar. Após gols de Fransérgio e Abel Ruiz para os portugueses, Ianis Hagi (duas vezes) e Joe Aribo definiram o placar de 3 a 2. Por fim, AZ Alkmaar e LASK, da Áustria, empataram por 1 a 1, na Holanda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.