Arsenal vira e garante a liderança; Liverpool também vence

Time londrino bateu o Bolton por 4 a 2, pela 15.ª rodada do Campeonato Inglês; Chelsea é o segundo colocado

AE, Agencia Estado

20 de janeiro de 2010 | 20h16

Três dias depois de vencer o Bolton, pelo Campeonato Inglês, o Arsenal voltou à carga nesta quarta-feira contra o mesmo time, em nova rodada do nacional. Jogando em casa, o time londrino fez 4 a 2, após estar perdendo por 2 a 0.

A 15.ª rodada da competição deixou o Arsenal na liderança do campeonato, com os mesmos 48 pontos do Chelsea, mas com vantagem no número de gols pró. O Chelsea, porém, tem agora uma partida a menos que o novo líder. O Manchester United, com o mesmo número de jogos do Arsenal, soma 47 e ocupa a terceira posição.

Nesta quarta, o Bolton entrou em campo disposto a devolver a derrota de 3 a 0 sofrida diante de sua torcida no domingo. O time visitante parecia que conseguiria devolver o resultado ao abrir 2 a 0 na primeira metade da etapa inicial.

Logo aos 7 minutos, o zagueiro Cahill aproveitou bate-rebate na área e mandou para as redes. No segundo gol, o Bolton contou com ajuda do brasileiro Denílson, que derrubou o sul-coreano Lee Chung na área. Taylor converteu o pênalti aos 28 e aumentou a vantagem dos visitantes.

No entanto, o Arsenal conseguiu descontar no final do primeiro tempo e iniciou a reação. Rosicky aliviou a pressão sobre os donos da casa ao marcar aos 43, após belo passe de Fabregas. Logo no início da segunda etapa, o mesmo Fabregas deixou sua marca e empatou, aos 7.

VEJA TAMBÉM:
\"lista\" INGLÊS - Leia mais da competição
\"tabela\" INGLÊS - Tabela / Classificação
Empurrado pela torcida, o Arsenal cresceu em campo e impôs forte pressão sobre o Bolton. Dessa forma, a virada não demorou. Aos 20 minutos, Fabregas bateu escanteio e o zagueiro Vermaleen escorou para o fundo do gol.

A vitória foi consolidada aos 40, com Arshavin. O russo recebeu passe do brasileiro Eduardo da Silva e marcou o gol que assegurou o Arsenal na liderança da tabela.

A rodada desta quarta também contou com importante vitória do Liverpool, que está em crise na temporada. Pressionado pelos fracos resultados nos últimos jogos, o Liverpool bateu o Tottenham por 2 a 0, em casa. Os gols foram marcados por Kuyt - o segundo, de pênalti.

O resultado aliviou a pressão sobre o ameaçado técnico Rafa Benítez, após as eliminações precoces na Liga dos Campeões e na Copa da Inglaterra, na semana passada. O Liverpool subiu para a sexta posição da tabela, agora com 37 pontos. O Tottenham tem 36 e ocupa a quarta colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.