Lucas Figueiredo / CBF
Lucas Figueiredo / CBF

Arthur dá pista de que será titular do Brasil contra a Argentina e festeja chance

Jogador se empolga com possibilidade de atuar em um dos maiores clássicos do futebol mundial

Estadão Conteúdo

15 Outubro 2018 | 12h22

Depois de ter um papo com Tite no gramado durante o treino que a seleção brasileira realizou no último domingo, o volante Arthur indicou que deverá ser escalado como titular no amistoso contra a Argentina, nesta terça-feira, às 15 horas (de Brasília), no estádio The King Abdullah Sports City, em Jeddah, na Arábia Saudita.

O treinador fez mistério ao fechar a parte tática do treinamento de domingo, mas o ex-gremista que hoje defende o Barcelona deu sinais claros de que iniciará entre os 11 titulares nesta terça ao falar sobre o confronto em uma entrevista concedida ao canal de TV da CBF.

"Fico feliz pela oportunidade, acho que essa questão de entrosamento a gente vai pegando nos treinos. Tenho um pouco mais de entrosamento com o Coutinho pela convivência no dia a dia (no Barça), mas com os outros também. Casemiro, Neymar, nós conversamos bastante, eles me dão bastante confiança. Eu sou muito grato a eles por isso, vamos nos encaixando e em relação ao entrosamento não teremos maiores problemas", afirmou Arthur, que deverá ser confirmado no lugar de Fred, titular na vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita, na última sexta-feira, em Riad.

E o ex-jogador do Grêmio exibiu empolgação ao projetar a chance que deverá receber de Tite justamente em um dos confrontos de maior rivalidade no futebol mundial. "Todos jogadores gostam de estádio lotado, gostam de grande jogos, de grandes adversários, e com a Argentina com certeza vai ser assim. Bastante jogadores de qualidade do outro lado e, historicamente, é um dos maiores clássicos mundiais. Então acho que o jogador se prepara para estes grandes jogos. Aquela pressão antes do jogo, aquela adrenalina que corre na veia antes dos grandes jogos. Estão todos bem focados e felizes por esse amistoso", completou o volante.

A seleção realiza nesta segunda-feira à tarde (no horário de Brasília) o seu último treino de preparação para encarar os argentinos, que não contarão com Lionel Messi. Companheiro de Arthur no Barça, ele já havia ficado fora dos amistosos que a seleção do seu país fez em setembro, nos Estados Unidos, e pediu para não atuar pela equipe nacional até o final deste ano.

Caso o ex-gremista seja confirmado no time titular de Tite, o Brasil deve ir a campo nesta terça-feira com a seguinte formação: Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Arthur, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Roberto Firmino.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.