Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Arthur é eleito para o time de revelações da Liga dos Campeões de 2018

Volante do Barcelona e do Brasil entra na seleção de atletas com menos de 24 anos

Redação, Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2018 | 17h22

A Uefa anunciou nesta sexta-feira uma equipe com 11 revelações da Liga dos Campeões em 2018. O destaque da seleção ideal de jogadores com menos de 24 anos que disputaram a competição neste ano ficou por conta do brasileiro Arthur, que vem ganhando espaço com a camisa do Barcelona.

Arthur tem 22 anos e deixou o Grêmio para transferir-se ao time catalão em julho. Desde então, vem conquistando a confiança do técnico Ernesto Valverde e arrancando elogios. A própria Uefa destacou as palavras de Xavi, que disse que o brasileiro "é um jogador que pode marcar uma era no Barcelona".

A Uefa também explicou que para entrar na seleção os jogadores precisam se enquadrar em dois critérios: ter no máximo 24 anos e ter se destacado pela primeira vez na Liga dos Campeões em 2018.

Além de Arthur, a equipe conta com bons valores do futebol europeu, como o zagueiro Skriniar, de 23 anos, da Inter de Milão, e o atacante Jordan Sancho, de apenas 18, do Borussia Dortmund. O único time com dois representantes foi o Ajax, graças ao zagueiro Matthijs de Ligt e o meia Frenkie de Jong.

A equipe ideal de revelações da Liga dos Campeões em 2018 tem: Odisseas Vlachodimos (Benfica); Skriniar (Inter de Milão), De Ligt (Ajax) e Robertson (Liverpool); De Jong (Ajax), Aouar (Lyon), Arthur (Barcelona) e Vlasic (CSKA Moscou); Cengiz Ünder (Roma), Hirving Lozano (PSV) e Jordan Sancho (Borussia Dortmund).

A Uefa também revelou a equipe ideal da Liga Europa, mas essa sem brasileiros. O principal destaque é o meia Giovani Lo Celso, de 22 anos, emprestado pelo Paris Saint-Germain ao Betis.

A seleção ideal de revelações da Liga Europa este ano tem: Dominik Livakovic (Dínamo Zagreb); Pape Cissé (Olympiacos), Joseph Aidoo (Genk) e Junior Firpo (Betis); Gacinovic (Eintracht Frankfurt), Lo Celso (Betis), Kai Havertz (Bayer Leverkusen) e Pablo Fornals (Villarreal); Ismaila Sarr (Rennes), Luka Jovic (Eintracht Frankfurt) e Minamino (Red Bull Salzburg).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.