Jeferson Guareze/AFP
Jeferson Guareze/AFP

Arthur volta a treinar e depende de exame na quinta para jogar na estreia

Volante da seleção brasileira ainda se recupera de dores no joelho direito e pode ser desfalque na abertura da Copa América

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

12 de junho de 2019 | 18h12

O volante Arthur voltou a treinar com a seleção brasileira nesta quarta-feira. Depois de ficar dois dias longe das atividades e em recuperação de uma pancada no joelho direito sofrida no domingo, o jogador melhorou e já conseguiu trabalhar com bola. A presença dele na abertura da Copa América, a partida de sexta-feira contra o Bolívia, no Morumbi, vai depender principalmente de um exame a ser realizado na véspera, nesta quinta.

Segundo o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, Arthur tem evoluído muito bem após sofrer uma dura pancada do hondurenho Quioto no amistoso do último domingo, no Beira-Rio. "Ele será reavaliado amanhã (quinta-feira) pela manhã. Nossa expectativa é que se ele se sentir bem, faz um trabalho com o grupo e nós temos confiança de liberar o atleta para os treinos", disse Lasmar à CBF TV.

No trabalho da seleção brasileira na tarde desta quinta, no Pacaembu, Arthur ainda não se juntou aos colegas. O volante do Barcelona fez uma atividade separada, monitorada pelo preparador físico Fábio Mahseredjian, e ensaiou movimentações de jogo, assim como toques na bola. "Ele teve uma evolução muito boa, tendo em vista que são três dias depois do jogo e pela intensidade do trauma", comentou Lasmar.

O técnico Tite comandou um treino fechado no estádio do Pacaembu na tarde desta quarta-feira. A atividade não teve a presença da imprensa e serviu para preparar o time para a estreia na Copa América contra a Bolívia. Após ser poupado do treino anterior, o zagueiro Marquinhos retornou. Caso Arthur não possa jogar na estreia, o possível substituto será Allan.

No entanto, por parte da comissão técnica há muito otimismo pela recuperação do volante do Barcelona. "Ele teve um trauma importante durante o jogo na região do joelho, isso levou a um quadro de muita dor e limitação na função. Por isso não treinou nos últimos dias e ficou em tratamento, mas ele respondeu muito bem até agora", explicou o médico.

O próximo treino da seleção brasileira já será no local da estreia na competição. Na tarde desta quinta a equipe faz o reconhecimento do gramado no estádio do Morumbi. Na mesma ocasião o técnico Tite vai conceder entrevista coletiva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.