Artilharia não preocupa Marcinho

O meia-atacante Marcinho viu o atacante Robson, do Paysandu, se distanciar na briga pela artilharia do Brasileirão. Com os dois gols que fez contra o Juventude, sábado, em Belém, ele somou 17 contra 15 do jogador do Palmeiras.?Isso não me deixou chateado. Eu não marquei gols no jogo, mas o Palmeiras venceu o Cruzeiro no sábado. Isso é o mais importante?, garantiu Marcinho.Contra o Cruzeiro, Marcinho fez uma boa partida. ?Não fiz, mas participei do lance dos dois gols. Isso já me deixou muito satisfeito. O importante é que o time está jogando bem, criando, e, com certeza, vão aparecer chances para marcar?, disse o jogador.Mas Marcinho tem um outro motivo para acreditar que pode subir na artilharia. ?Ainda tem muito jogos no campeonato. E o Palmeiras vive um momento diferente dos outros times?, disse o jogador, referindo-se à evolução do Palmeiras, que está em sexto lugar, a cinco pontos do líder Inter (47 contra 42).Sobre o clássico de quarta-feira, contra o Santos, na Vila Belmiro, Marcinho negou qualquer favoritismo. ?Favoritismo a gente faz valer dentro do campo. O Santos é um grande adversário, vem de derrota (3 a 0 para o Atlético-MG) e precisa se reabilitar. Mas nosso time vive um momento melhor?, comparou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.