Divulgação
Divulgação

Artilheiro brasileiro da Sampdoria é convocado para seleção italiana

Éder tem oito gols pelo time na atual edição do Campeonato Italiano

Estadão Conteúdo

21 Março 2015 | 21h24

O treinador da seleção italiana, Antonio Conte, divulgou neste sábado a convocação da Azzurra para os próximos jogos da equipe na próxima semana. E a lista trouxe três novidades. A principal surpresa é o nome do brasileiro Éder, que atua pela Sampdoria, chamado pela primeira vez. O anúncio foi feito no Twitter da Federação Italiana de Futebol. Além dele, o atacante Vázques e o meia Valdifiori - de Palermo e Empoli, respectivamente - foram chamados por Conte.

A Itália encara a Bulgária no dia 28 de março, em Sofia, pelas eliminatórias da Euro 2016. No dia 30, a Azzurra recebe a Inglaterra em amistoso que será disputado no estádio da Juventus, em Turim.

Não é a primeira vez que um "brasiliano" é convocado para a seleção italiana. Depois de Thiago Motta e Rômulo em 2014, além de outros jogadores em anos anteriores, agora um atacante brasileiro tem mais uma chance na "Squadra". Aos 25 anos, Éder surgiu no Criciúma em 2005, mas logo foi para a Itália, onde passou cinco anos no Empoli. Após ser emprestado ao Brescia e uma passagem rápida pelo Cesena, foi contratado pela Sampdoria em 2012.

Éder mostrou seu valor na última temporada, quando fez 12 gols no Italiano. Na atual edição da Série A já marcou oito gols, o artilheiro da Sampdoria, que ocupa atualmente a sexta colocação com 45 pontos, empatada com a Fiorentina.

Entre os 26 chamados não estão nomes importantes, como Andrea Pirlo e De Rossi. O volante da Juventus está voltando de lesão, enquanto o atleta da Roma faz temporada razoável. Quem retorna à seleção é o zagueiro Barzagli, também da Juventus, depois de quase nove meses ausente, desde a Copa do Mundo.

Confira a lista completa dos 26 convocados:

Goleiros: Buffon (Juventus), Perin (Genoa), Sirigu (Paris Saint Germain)

Defensores: Barzagli (Juventus), Bonucci (Juventus), Chiellini (Juventus), Moretti (Torino), Ranocchia (Inter)

Meio-campistas: Antonelli (Milan), Bertolacci (Genoa), Candreva (Lazio), Cerci (Milan), Darmian (Torino), Florenzi (Roma), Marchisio (Juventus), Parolo (Lazio), Pasqual (Fiorentina), Soriano (Sampdoria), Valdifiori (Empoli), Verratti (Paris Saint Germain)

Atacantes: Éder (Sampdoria), Gabbiadini (Napoli), Immobile (Borussia Dortmund), Pellé (Southampton), Vazquez (Palermo), Zaza (Sassuolo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.