Divulgação/Conmebol
Divulgação/Conmebol

Artilheiro da Libertadores, Rafael Navarro é esperança de gols do Palmeiras no Equador

Time alviverde enfrenta Emelec em Guayaquil a fim de manter campanha perfeita no torneio continental

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2022 | 05h00

O Palmeiras ainda não tem o camisa 9 que Abel Ferreira e a torcida desejam. Mas na Libertadores, ele não faz falta porque Rafael Navarro tem dado conta do recado. O centroavante ostenta seis gols em dois jogos e é o artilheiro do torneio continental. Ele será titular mais uma nesta quarta-feira, no Equador, onde a equipe enfrenta o Emelec às 21h (horário de Brasília).

Autor de dois gols diante do Deportivo Táchira, na estreia, e outros quatro na histórica goleada por 8 a 1 sobre o Independiente Petrolero, há duas semanas, Navarro comanda o ataque palmeirense mais uma vez. Ele é reserva e tem atuado entre os titulares na Libertadores porque Abel escala um time misto na competição da qual é o atual campeão.

Em Guayaquil, serão vários os suplentes. É provável que, dos titulares, apenas Weverton e Gómez joguem. Murilo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Dudu sequer viajaram. Ficaram em São Paulo treinando e descansando em virtude da desgastante maratona de jogos. Luan, ainda em recuperação de lesão muscular, continua como desfalque. Jailson rompeu os ligamentos do joelho e não deve mais jogar em 2022.

"Estou tentando criar uma semana livre. Estamos usando nosso conhecimento para achar as melhores soluções. Eles não podem jogar quatro jogos seguidos. Confio em todos, e estamos, sim, fazendo essa gestão de energia", disse o técnico, sobre o rodízio em curso para atenuar o desgaste físico e mental dos atletas.

Abel se sente tranquilo em dar neste momento prioridade ao Brasileirão porque na Libertadores o time está em situação confortável. Lidera o Grupo A, com 100% de aproveitamento após duas goleadas, e ostenta uma invencibilidade de 18 jogos fora de casa, recorde absoluto na história da competição. 

São 16 jogos como visitante e dois em campo neutro, justamente as duas últimas finais, ambas vencidas pelo Palmeiras. O último tropeço fora de casa ocorreu em abril de 2019, diante do San Lorenzo, por 1 a 0.

O técnico português faz sua estreia na edição de 2022 da Libertadores, uma vez que, suspenso pela expulsão na Recopa Sul-Americana, teve de dar lugar a seu auxiliar João Martins nas duas partidas anteriores.

A última visita alviverde ao Equador ocorreu em abril do ano passado, quando o time derrotou o Independiente del Valle por 1 a 0, com gol de Raphael Veiga, de pênalti. O Emelec foi adversário alviverde na edição de 1995, com duas vitórias brasileiras pela fase de grupos. O time equatoriano tem dois pontos, fruto de empates com Petrolero e Táchira.

EMELEC X PALMEIRAS

EMELEC - Pedro Ortíz - Bruno Pittón, Eddie Guevara, Aníbal Leguizamón e Romario Caicedo; Joao Rojas, Sebastián Rodrí­guez, Alexis Zapata e Dixon Arroyo; Mauro Quiroga e Alejandro Cabeza. Técnico: Ismael Rescalvo.

PALMEIRAS - Weverton; Mayke, Gómez, Kuscevic e Jorge; Gabriel Menino, Atuesta e Scarpa; Wesley, Breno Lopes e Navarro. Técnico: Abel Ferreira.

ÁRBITRO - Patricio Loustau (Argentina)

HORÁRIO - 21h

LOCAL - Estádio George Capwell, em Guayaquil

TRANSMISSÃO - ESPN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.