Leonardo Muñoz/EFE
Leonardo Muñoz/EFE

Artilheiro da Libertadores, Wallyson comemora boa fase no Cruzeiro

Atacante passou a ser um dos principais jogadores do time em 2011 e conquistou a confiança de Cuca

AE, Agência Estado

28 de abril de 2011 | 12h34

O atacante Wallyson está mesmo em grande fase. Depois de um Campeonato Brasileiro ruim, em 2010, ele assumiu a titularidade do Cruzeiro e passou a ser um dos principais jogadores da equipe. Com o gol marcado na última quarta-feira, o primeiro da vitória por 2 a 1 sobre o Once Caldas, ele chegou à artilharia da Libertadores, com sete gols, ao lado de Nanni, do Cerro Porteño.

"Mais um gol importante. Fui feliz mais uma vez, recebi um belo passe do Ortigoza e coloquei a bola para dentro. Sempre procuro me colocar bem na área e mais uma vez fui feliz em ajudar o Cruzeiro. O importante foi que a equipe toda está de parabéns, fizemos um bom resultado e vamos em busca da classificação", declarou.

O paraguaio Ortigoza, aliás, foi um dos destaques da vitória, que deu vantagem à equipe nas oitavas de final da competição continental. Ele saiu do banco para dar a assistência a Wallyson e marcar o segundo gol.

"Foi muito importante porque estou entrando e tentando fazer meu trabalho, o professor (Cuca) está me dando confiança e tento sempre aproveitar as chances de jogar para ajudar o Cruzeiro", afirmou.

Ortigoza entrou no lugar de Brandão, que fazia sua estreia pelo Cruzeiro. Ainda sem ritmo de jogo, o jogador, que veio do Olympique de Marselha, foi elogiado por Cuca. "É natural que o primeiro jogo não seja tudo aquilo que ele pode render. Ele (Brandão) até teve chance de fazer gol, fez o pivô, chutou para o gol. Mas sentiu um pouco a falta de conjunto, a falta de ritmo de jogo, e isso vem naturalmente", explicou o treinador.

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Once Caldas 1 x 2 Cruzeiro

linkCuca vê 'gana de campeão' em vitória do Cruzeiro

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresCruzeiroWallyson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.