Diego Vara/ Reuters
Diego Vara/ Reuters

Artilheiro do Brasileirão, Galhardo encerra jejum em vitória do Inter: 'Enterrar a zica'

Jogador marcou de pênalti na vitória por 2 a 1 sobre o Bahia, em Salvador

Redação, Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2020 | 18h56

Thiago Galhardo enfim desencantou na vitória do Internacional por 2 a 1 diante do Bahia na tarde deste domingo, no Beira-Rio. O atacante fez o segundo gol, que deu ao time gaúcho a terceira vitória consecutiva e a quarta colocação do Brasileirão. O jogador, que estava sem marcar havia quase dois meses, desabafou após o triunfo. Ele é o artilheiro do campeonato, com 16 gols.

"Mais importante é ajudar a equipe. Futebol há esse jejum. Tem que ser tranquilo. Brinquei de fazer o primeiro gol e acabei fazendo o último. Tem que dedicar para o presidente. Último jogo dele. Feliz pelo resultado. Quando a gente consegue três vitórias consecutivas, vamos ficar na parte de cima. Enterrar a zica", disse o jogador.

Thiago Galhardo comentou também sobre o período de jejum de gols. O atacante caiu muito de produção após a saída do técnico Eduardo Coudet para o Celta de Vigo, da Espanha. "Quando a gente passa um jejum, completei oito (jogos) pelo Brasileiro e dois pela Libertadores. É um tempo longo. Fico feliz em poder marcar. E mais feliz em ajudar a equipe", concluiu.

O resultado deste domingo deixa o Internacional mais perto da briga pela liderança. O clube gaúcho se firma na quarta posição, com 47 pontos, contra 56 do São Paulo, primeiro colocado.

O Inter terá agora quase dez dias de preparação para o duelo contra o Ceará, marcado para o dia 7 de janeiro (quinta-feira), às 19h, no Castelão. O jogo deste sábado pode ter marcado a despedida de Abel Braga. Miguel Ramirez, do Independiente del Valle, deve ser anunciado em breve pelo clube gaúcho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.