Mowa Press/ Divulgação
Mowa Press/ Divulgação

Artilheiro do Sul-Americano Sub-20, Neymar diz que ensinou Lucas a fazer gol

Os jovens mostraram entrosamento dentro e fora de campo e foram os dois grandes destaques do Brasil no título continental

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2011 | 16h40

AREQUIPA - Rivais nos clubes, Neymar e Lucas mostraram no Sul-Americano Sub-20 uma parceria que pode render muitos frutos para o futebol brasileiro nos próximos anos. Colegas de quarto na concentração da seleção no Peru, os jovens mostraram entrosamento dentro e fora de campo e foram os dois grandes destaques do Brasil no título continental e na conquista da vaga olímpica.

Após a vitória por 6 a 0 sobre o Uruguai, na madrugada de sábado para o domingo, na decisão do Sul-Americano, Lucas e Neymar deram entrevista coletiva juntos. O santista fez papel de repórter para assumir parte dos méritos pelo segundo gol de Lucas - e do Brasil - no último jogo do torneio.

"O que eu falei para você depois daquele gol que você perdeu contra a Argentina?", perguntou Neymar. "Pra mim chutar de chapa", respondeu Lucas. "Tem que ensinar, pô", cutucou o santista, antes de os dois caírem na gargalhada. No lance do segundo gol brasileiro contra o Uruguai, o são-paulino fez fila, entrou na área pela direita, bateu de chapa e fez um golaço, um dos mais bonitos do torneio.

Neymar quer ter Lucas como companheiro nos Jogos Olímpicos de Londres. "É o começo dessa geração. Em 2012 vai estar muita gente lá. Espero que a gente faça o mesmo bom campeonato que fizemos aqui", disse o atacante, que deve ter a companhia do são-paulino também no Mundial Sub-20, na Colômbia, em julho deste ano.

Quando perguntado se o torneio seria lembrado como o "Sul-Americano do Neymar", o santista mostrou espírito de grupo. "Vai ser o Sul-Americano do Neymar, do Lucas, e de todo mundo", afirmou, em entrevista à ESPN Brasil. "Essa camisa me inspira muito. É uma família isso aqui", garantiu o atacante, artilheiro do torneio com nove gols em sete jogos.

Perseguido pelas defesas adversárias a cada drible, Neymar mostrou bom humor para falar das adversidades até a conquista da vaga olímpica e do título sul-americano. "Tem que botar a cara no chão para vencer. Os caras estavam dando soco, fazendo de tudo, mas não tem como (nos parar), aqui é Brasil!", vibrou o santista, falando à ESPN Brasil.

O título do Sul-Americano Sub-20 vai render a Neymar um prêmio especial: ganhou uma aposta com o pai e ganhará um carro. "Se for uma Ferrari, está ótimo. Mas vou ter que ver com ele, vamos ver o que ele vai querer me dar", comemorou o jogador, que viaja diretamente para a Venezuela, onde se junta ao grupo santista para a estreia do Santos na Copa Libertadores, na terça, contra o Deportivo Táchira.

Veja também:

link Brasil atropela o Uruguai por 6 a 0

link Neymar sonha com o ouro olímpico

link Decisivo, Lucas diz ter feito melhor partida da sua vida

blog ANTERO GRECO - Brasil exagera na dose, fatura o Sub-20 e pode brilhar em Londres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.