Lucas Merçon / Fluminense
Lucas Merçon / Fluminense

Artilheiro do time, Nenê comemora 1ª vitória do Fluminense: 'A gente precisava'

Clube triunfou sobre o Inter por 2 a 1 no Maracanã, com dois gols de pênalti do experiente jogador

Redação, Estadão Conteúdo

17 de agosto de 2020 | 00h21

Mesmo contra um adversário complicado, o Fluminense conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Com dois gols de Nenê, superou o Internacional, por 2 a 1, no Maracanã, neste domingo. O experiente meia de 39 anos alcançou 50 jogos desde que chegou ao clube e 11 gols nesta temporada.

Foram seus dois primeiros gols no Brasileirão, que se somam a seis no Carioca e três na Copa do Brasil. Ano passado o meia anotou três gols com a camisa tricolor. "Eu nem sabia que estava completando 50 jogos, mas fico feliz. Nosso time vinha jogando bem e precisava desta vitória. Agora é manter o trabalho, porque todos os jogos são difíceis e equilibrados", ressaltou o veterano, que converteu dois pênaltis demonstrando muita tranquilidade.

Outro destaque do time treinado por Odair Hellmann, o atacante Evanilson seguiu a mesmo raciocínio ao afirmar que o Fluminense vinha de boas atuações. "A gente vinha de uma derrota e empate, mas jogando bem. Nesse jogo, graças a Deus, conseguimos manter nosso ritmo e fizemos outra boa partida. Saímos com resultado positivo, isso é o mais importante", destacou.

Mesmo sem marcar, o vice-artilheiro da equipe na temporada, com sete gols, ficou satisfeito com sua atuação. Também garantiu estar focado no clube, mesmo com uma suposta proposta de empresa que administra o Manchester City, da Inglaterra.

"Eu não pude fazer o gol, mas fico feliz em ajudar a equipe, correndo, marcando, sofrendo o pênalti. Fico mais feliz pelos três pontos. Quanto a proposta, não fico pensando nisso. Minha cabeça está no Fluminense e fico feliz com as coisas dando certo", desconversou.

O Fluminense volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h15, quando visita o Red Bull Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, pela quarta rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolNenêFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.