Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Artilheiro, Cristaldo não se incomoda com a reserva no Palmeiras

Atacante já marcou 13 gols com a camisa alviverde na temporada

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2015 | 06h58

O gol marcado contra o Cruzeiro foi o 13º de Cristaldo na temporada com a camisa do Palmeiras, número que faz com que ele seja o artilheiro da equipe no ano, mesmo não sendo titular. Pior do que não ter lugar garantido entre os preferidos do técnico Marcelo Oliveira, o argentino nem mesmo é cogitado no time. Entretanto, isso não parece lhe incomodar. 

Enquanto se torna cada dia mais comum ver atletas reclamando por ficar no banco de reservas e até mesmo pedir para ser negociado por não aceitar ficar como suplente, Cristaldo só quer ajudar o Palmeiras, seja dentro ou fora de campo, esbanjando simpatia e bom humor. "Sou muito tranquilo e tenho de respeitar o professor e meus companheiros. Sei da categoria dos jogadores que estão aqui e se tenho de entrar 10, 15 ou 20 minutos, tentarei fazer o máximo para ajudar o time. Se eu não entrar, tenho que apoiar o time de fora", explicou.

O jogador é sempre citado pelos companheiros como um exemplo de profissional e pessoa, já que sempre demonstra bom humor e parceria. Nas redes sociais, o argentino também é um sucesso entre os palmeirenses, por sempre postar mensagens otimistas ou brincadeiras com os internautas. "Sou um privilegiado de estar aqui. O Palmeiras tem três times de jogadores bons e só jogam onze", completou.

Embora não o considere entre os titulares, Marcelo Oliveira também gosta bastante do atacante, por sua disposição em sempre ajudar e por ser útil em mais de uma posição. "As pessoas acham que é uma sorte, que ele é talismã, mas o Cristaldo se coloca muito bem na área. É um jogador bem interessante e temos três ou quatro atletas para a posição. Ele pode jogar em outras funções, caindo mais pelas pontas", disse o treinador, que nesta quarta-feira, diante do Coritiba, deve deixar Cristaldo no banco.

O treinador comandou um treinamento sem a presença da imprensa na terça-feira e não deu pistas do time que joga, mas a tendência é que o Palmeiras vá a campo com Fernando Prass; Nathan, Jackson, Leandro Almeida e Egídio; Arouca, Robinho, Cleiton Xavier, Rafael Marques e Dudu; Alecsandro.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirãoCristaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.