Artilheiro pode desfalcar o Paysandu

Saco de pancadas no Campeonato Brasileiro, em que ocupa a lanterna com 16 pontos, o Paysandu pode se valer de uma arma para derrotar o Santos, nesta quarta-feira, no Mangueirão, em Belém: não perde há três anos para times paulistas dentro de casa, defendendo uma invencibilidade de 18 jogos - quatorze vitórias e quatro empates. Ameaçado de não contar mais uma vez com o atacante Robson, que sofre tendinite nos dois pés, e sem o zagueiro João Carlos, vetado pelo departamento médico em razão de uma contratura muscular, o técnico Gilson Kleina pretende insistir no esquema 3-6-1. Se o artilheiro do time não jogar, é provável que Kleina opte por uma postura ainda mais defensiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.