Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Artilheiro, são-paulino Antonio Carlos volta ao Maracanã

Para quebrar sequência de empates, zagueiro é uma das armas de Muricy contra o Flamengo

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

18 de maio de 2014 | 07h00

SÃO PAULO - Quando a situação do São Paulo aperta, Antonio Carlos aparece para garantir o alívio. Apesar de zagueiro, seus gols decisivos vêm fazendo a diferença. No Brasileiro já foram dois: um diante do Botafogo, na estreia, e outro no último minuto contra o Cruzeiro. Hoje, o "menino do Rio" do Tricolor volta à cidade natal para encarar o Flamengo com a meta de acabar com a série de três empates.

Único titular da defesa de Muricy Ramalho em campo, Antonio Carlos conhece bem os atalhos do Maracanã. Ali, fez gol de título estadual para o Fluminense, de nuca, em 2005, e colaborou em duas conquistas do Botafogo, em 2010 e 2013. São nada menos do que 67 gols na carreira, 11 pelo São Paulo. E a "sede" aumenta quando o adversário é o Flamengo. "Eu briguei com todo mundo para arrumar ingressos. A família toda estará lá, primos, tios, amigos... O novo Maracanã está impecável e eu quero marcar um gol por lá, será maravilhoso."

Seu último jogo no Rio, no dia 15 de setembro, teve gol nos 2 a 0 diante do Vasco, mas em São Januário. "Sempre é bom jogar contra o Flamengo, clube que, quando você enfrenta no Rio, quer ganhar pois sabe que a semana ficará mais feliz."

Antonio Carlos terá a missão de comandar a desfalcada defesa. Sem Douglas (machucado), Rodrigo Caio (na seleção sub-21) e Álvaro Pereira (suspenso), Luis Ricardo, Lucão e Reinaldo serão orientados pelo carioca. "Eles têm total liberdade para chamar minha atenção."

Com série dura pela frente – depois, pega Fluminense, Grêmio, Atlético-PR e Atlético-MG –, o São Paulo será ousado para ganhar fôlego na briga pelos primeiros lugares. Apesar de jogar fora, Muricy adiantou que "vai para cima". Os volantes serão meias e Ganso jogará colado em Osvaldo, Pato e Luis Fabiano.

"A gente pode confiar, pois sempre estamos marcando gols", comenta o técnico. Basta Antonio Carlos comandar bem a defesa. E ele está esperançoso. "Todo mundo tem de se ajudar, somos um time ofensivo e às vezes damos chance aos rivais. Mas estamos nos ajustando e temos chances de vencer."

Após fazer 3 a 0 no Botafogo, o São Paulo deixou de vencer no Brasileiro. Foram empates com Cruzeiro, Coritiba e Corinthians. Isso incomoda muita gente no clube. Não Antonio Carlos. "Me incomoda perder. Sei que não vamos empatar sempre. E temos tudo para brigar pelo título."

POR DENTRO DO JOGO

CHUTES A GOL

Muricy Ramalho quer que seus jogadores não se

intimidem na hora de finalizar. A orientação é para bater no gol caso haja espaço no

Maracanã, principalmente de longa distância.

VELOCIDADE

Com Pato e Osvaldo aberto nas beiradas e Ganso mais adiantado, encostando em Luis Fabiano, o São Paulo quer pegar o Flamengo nos contragolpes com rapidez da saída para o ataque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.