Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Artilheiro, Willian ganha confiança na briga por vaga no Palmeiras

Atacante, que tem concorrência de Borja, soma quatro gols no Paulistão

Nathalia Garcia, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2017 | 11h00

Artilheiro do Palmeiras na temporada, com quatro gols, Willian terá nova chance na equipe de Eduardo Baptista contra a Ponte Preta nesta quarta-feira, às 21h45, no Moisés Lucarelli. O atacante, que viu a concorrência ficar mais forte com a chegada do colombiano Miguel Borja, tem ganhado confiança à medida que corresponde às expectativas na condição de homem de referência no setor ofensivo.

"Ser artilheiro dá confiança, mostra para o treinador que tenho essa importância. Quando vim para cá sabia desse peso. Eu tenho mudado de posição, sempre joguei pelos lados e agora venho atuando mais centralizado, tenho me sentido bem, sei que a cobrança e a responsabilidade são maiores porque ali você acaba virando a referência, o homem de gol, mas tenho ajudado", afirmou.

Willian, que foi contratado para assumir a função desempenhada por Gabriel Jesus - negociado com o Manchester City -, também mostra preocupação em contribuir com o grupo. "Que eu possa não somente fazer os gols, mas ser importante também sem bola, ajudando na marcação, dando passes para os companheiros. Uma coisa que sempre me dediquei muito foi para o coletivo, que o coletivo seja sempre o principal e o individual aconteça de uma forma natural."

Apesar de Willian liderar as estatísticas, 15 jogadores - inclusive Lucas Barrios, que está no Grêmio - já balançaram as redes para o Palmeiras no início da temporada. O atacante compara o momento com sua experiência no Cruzeiro e vê a distribuição de gols como um indicativo da qualidade do elenco. "Isso mostra a força do grupo e vai dando confiança para todos", disse.

Com 25 pontos, o Palmeiras possui a melhor campanha do Campeonato Paulista. Nesta quarta-feira, o técnico Eduardo Baptista promete escalar o time com força máxima contra a Ponte Preta com o objetivo de dar entrosamento ao grupo visando às quartas de final contra o Novorizontino.

 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolPalmeirasCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.