Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Artilheiros do Corinthians, Vagner Love e Gustagol podem jogar juntos contra o Flu

Suspensão de Clayson abre vaga no ataque para duelo contra o Fluminense, domingo, em Brasília

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2019 | 16h59

O elenco do Corinthians está de folga nesta segunda-feira. O técnico Fábio Carille terá a semana inteira para trabalhar antes da partida contra o Fluminense, domingo, em Brasília, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este confronto existe a possibilidade de o treinador escalar juntos os dois principais artilheiros da equipe na temporada: Vagner  Love e Gustagol.

Isso porque Clayson está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e não poderá jogar. Uma das opções de Carille é deslocar Love para a ponta e Gustagol receuperar o lugar na equipe como centroavante. 

Depois de um ótimo início de temporada, Gustagol caiu de rendimento no segundo semestre, passou a ficar na reserva, como terceira opção para o comando do ataque, e abriu espaço para Vagner Love, que ganhou espaço e na última partida igualou o número de gols do concorrente. 

Vagner Love e Gustagol hoje somam 11 gols na temporada cada. Love aproveitou a pausa da Copa América para igualar o companheiro de time. Foram seis bolas mandadas para as redes nesse período.

Gustagol, que terminou o Campeonato Paulista como um dos destaques do Corinthians, sofreu com duas lesões musculares e perdeu espaço também para Mauro Boselli. Da pausa até a última partida, o empate contra o Ceará (2 a 2), o centroavante fez apenas um tento - na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, há duas rodadas, pelo Campeonato Brasileiro. 

BAIXAS E RETORNOS

Outros desfalques são Everaldo, com uma pubalgia, e Léo Santos, que foi submetido a uma cirurgia no joelho direito e só voltará aos gramados no ano que vem. O lateral-esquerdo Danilo Avelar é dúvida por causa de dores no músculo posterior da coxa esquerda. A boa notícia são os retornos do lateral-direito Fagner, que está com a seleção brasileira, de Pedrinho, com o time olímpico do Brasil, e de Sornoza, com seleção equatoriana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.