As sugestões de mudanças da International Board podem ser positivas?

Confira a opinião do ex-árbitro Afonso Oliveira e do ex-atacante Paulo Sérgio

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

02 Fevereiro 2017 | 07h01

SIM - Afonso Oliveira, ex-árbitro

Sempre que me perguntam sobre essas novidades, respondo que se for para trazer benefício ao espetáculo, para o público, para as equipes e para a imprensa, eu sou favorável. É preciso testar. Vale a experiência em outros campeonatos, de menor relevância, como de juvenis. Se não der certo, é só voltar ao que era. Acho que tudo o que for bem analisado, estudado e com várias cabeças pensando, pode contribuir. O futebol muitas vezes foi criticado por não se modernizar nas regras

NÃO - Paulo Sérgio, ex-atacante

Vai deixar o futebol muito restrito. Não poder se expressar com árbitro, acho que é muito ruim. Basta ter disciplina para expor o ponto de vista. Fora que a questão de colocar um outro cartão é péssima. As punições já estão lá, o cartão amarelo e o vermelho. Não sei se esse anúncio é mais para medir o que as pessoas pensam. Daqui a pouco o futebol vai deixar de ser a paixão do torcedor e vai virar um esporte que não tem mais atrativo algum. Se colocar tantas regras, vai estragar.

Mais conteúdo sobre:
Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.