Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Às vésperas de clássico, Santos aposta em mistão para administrar classificação na Copa do Brasil

Time pode perder até por 3 a 0 para o Juazeirense que garante vaga para as quartas de final

Da Redação, O Estado de S. Paulo

05 de agosto de 2021 | 05h00

Amparado na larga vantagem que tem para obter a vaga na Copa do Brasil, o técnico Fernando Diniz vai escalar um Santos  alternativo para o confronto desta quinta às 19h15, contra o Juzeirense, fora de casa. A ideia é poupar seus principais atletas para o duelo do final de semana, quando enfrenta o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro. E a explicação para a decisão é simples. Se o time tem posição tranquila no torneio eliminatório, no Nacional a equipe da Vila precisa voltar a engatar uma sequência de vitórias para se aproximar do pelotão da frente.

Com a derrota de 4 a 0 na Vila, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Juazeirense precisa de uma goleada por cinco gols de vantagem para se classificar. Vitória por quatro gols leva a decisão para os pênaltis.

Com tamanha vantagem, uma das primeiras medidas adotadas pelo treinador foi abortar o retorno do atacante Marinho, que vem dando sequência ao tratamento de recuperação na coxa direita. Além dele, Diniz não poderá escalar Camacho, Moraes e Danilo Boza já que o trio já disputou a Copa do Brasil por outras equipes.

Concentração e precisão nas finalizações são os principais cuidados que o treinador pede para sua equipe. No duelo de ida, que o Santos goleou o Juazeirense por 4 a 0, a goleada só foi definida nos minutos finais da partida.

“O que posso dizer é que vou colocar um time forte. Já disse em outras ocasiões que temos bons jogadores. O que precisamos é ter foco para cumprir o que foi determinado”, comentou o técnico.

O lateral Felipe Jonatan, que deve ser um dos titulares na partida desta quinta, comentou o pedido de Diniz. “Ele disse que toda partida tem que ser tratada como final. Vamos para Juazeiro pensando nisso. No futebol, às vezes você consegue uma vantagem boa, mas se não tem humildade, o adversário pode acabar revertendo”.  

À procura de um substituto para Kaio Jorge, Diniz vem dando indicações de que Marcos Leonardo deve ser o titular. “O Marcos vem treinando bem. Tem feito gols e bons jogos”, comentou o treinador. As outras duas opções para o comando do ataque são Bruno Marques e Raniel.

Pelo lado da Juazeirense, Carlos Rabello fez mistério, mas vai precisar de um esquema bem ofensivo para buscar o seu objetivo. A tendência é escalar o time com três atacantes e buscar marcação alta desde o início para abrir logo o placar.  

FICHA TÉCNICA

JUAZEIRENSE x  SANTOS

JUAZEIRENSE – Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena, Eduardo, Mineiro e Daniel Nazaré; Waguinho, Sapé, Patrik e Clébson; Ian Augusto e Tony Galego. Técnico: Carlos Rabello

SANTOS – João Paulo; Pará, Kaiky, Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Jean Mota, Gabriel Pirani e Vinícius Zanocelo; Marcos Guilherme (Ângelo), Marcos Leonardo e Lucas Braga. Técnico:. Fernando Diniz

ÁRBITRO – Douglas Schwengber da Silva (RS).

HORÁRIO – 19H15.

LOCAL – Adauto Moraes, em Juazeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.