ASA supera Brasiliense e confirma reação na Série B

Em bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro, o ASA derrotou o combalido Brasiliense por 3 a 2, com gol aos 44 minutos do segundo tempo, nesta terça-feira, no Estádio Serejão, em Taguatinga, pela 28.ª rodada.

AE, Agência Estado

12 de outubro de 2010 | 22h02

Foi a terceira vitória consecutiva do time alagoano, que subiu para a décima posição, com 38 pontos. Já o time do técnico Andrade chegou ao sétimo jogo sem vitória. Com apenas 28 pontos, o Brasiliense segue ameaçado pelo rebaixamento, na 18.ª colocação.

Debaixo de muita chuva, os dois times fizeram um primeiro tempo truncado, com o visitante levando vantagem, pois apostava na velocidade de seu ataque. Desta forma, os alagoanos criaram a primeira chance de gol. Aos 20 minutos, Ciel recebeu dentro da área, driblou o goleiro e bateu cruzado. Em cima da linha, o zagueiro Miltão conseguiu afastar o perigo.

O lance animou o time do ASA, que continuou melhor na partida. Aos 32 minutos, conseguiu abrir o placar. O meia Ciel recebeu na direita, invadiu a área e tocou, de trivela, para o fundo das redes.

A melhor chance do time da casa saiu aos 39 minutos. Jean recebeu passe dentro da área e foi empurrado por Marcos Tamandaré. Na cobrança do pênalti, o atacante Erivelto escorregou e acabou colocando a bola por cima do gol.

Logo na volta vestiários, o ASA ampliou o marcador. Aos oito minutos, Luiz Mário levantou da direita, a defesa do Brasiliense não conseguiu cortar, e na segunda trave, livre de marcação, Claudinei Rincón tocou de cabeça para o gol.

O time da casa ainda teve forças para reagir e ameaçar a vitória do adversário. Aos 25 minutos, Djavan, que havia acabado de entrar, cruzou da direita, e Erivelto, dessa vez equilibrado, cabeceou para o gol. Onze minutos depois aconteceu o empate. Ruy tabelou com Cicinho pelo lado direito e tocou na saída do goleiro.

Quando o jogo parecia encaminhado, o time visitante resolveu dar o último suspiro e passar novamente na frente do marcador. Aos 44 minutos, Magal aproveitou rebote do goleiro Eduardo e deu ponto final na partida: 3 a 2.

O Brasiliense volta a campo no próximo sábado, às 16h10, contra o Paraná, na Vila Capanema, em Curitiba. No dia anterior, às 21 horas, o ASA recebe o São Caetano no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca (AL).

Ficha Técnica:

Brasiliense 2 x 3 ASA

Brasiliense - Gatti (Eduardo); Cicinho, Miltão, Santiago e Dieguinho; Deda, Luciano Totó (Schmoller), Ruy e Willian; Jean (Djavan) e Erivelto. Técnico: Andrade.

ASA - Jorge Miguel; Ewerton, Jonas e Edson Veneno; Marcos Tamandaré, Rincón, Audálio, Didira (Cleiton) e Magal; Luiz Mário (Medina) e Ciel (Sylvestre). Técnico: Vica.

Gols - Ciel, aos 32 minutos do primeiro tempo. Rincón, aos 9, Erivelto, aos 25, Ruy, aos 36, e Magal, aos 44 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Edson Veneno, Ewerton e Jonas (ASA).

Árbitro - Edivaldo Elias da Silva (PR).

Renda e Público - Não disponíveis.

Local - Estádio Serejão, em Taguatinga (DF).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.