ASA vence Bragantino e quebra série de seis derrotas

Time alagoano ganhou de virada por 2 a 1 pela 10.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

AE, Agência Estado

23 de julho de 2013 | 23h13

ARAPIRACA - Depois de sofrer seis derrotas consecutivas - incluindo duas pela Copa do Brasil -, o ASA finalmente se reabilitou nesta terça-feira. Jogando em casa, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL), o time ganhou de virada do Bragantino, por 2 a 1, na abertura da 10.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com a vitória, o ASA deixou a zona de rebaixamento, agora com 10 pontos, em 14º lugar, mas pode voltar ao grupo dos quatro últimos colocados até o complemento da rodada, no sábado. Enquanto isso, o Bragantino ficou parado nos 14 pontos, desperdiçando a chance de entrar no G4, que reúne os quatro melhores do campeonato.

Mesmo fora de casa, o Bragantino abriu o placar logo aos dois minutos. Depois de uma falta cobrada do lado esquerdo, houve desvio no meio da área e a bola ficou nos pés de André Vinícius. O zagueiro, sozinho na pequena área, encheu o pé e mandou a bola no ângulo.

Não restou ao time alagoano outra alternativa se não ir ao ataque. E o empate veio aos 21 minutos, com Lúcio Maranhão, que foi lançado por Osmar, avançou em velocidade e bateu cruzado.

No segundo tempo, o ASA voltou melhor. E quase virou o jogo com Lúcio Maranhão. Ele testou firme e deu azar, porque a bola explodiu no travessão aos 14 minutos. Aos 20, Thiaguinho cometeu falta dura e foi expulso, deixando o Bragantino com um jogador a menos.

O Bragantino ainda teve duas chances seguidas com o atacante Lincon, aos 28 e aos 29 minutos, em contra-ataque. Nas duas, porém, o goleiro Gilson levou a melhor. Aí, o ASA virou o placar aos 34, quando Lúcio Maranhão disparou pelo lado direito e cruzou para Wanderson marcar.

Os dois times voltam a jogar na outra terça-feira, pela 11ª rodada, quando o Bragantino recebe o Paraná e o ASA visita o América-RN.

ASA 2 X 1 BRAGANTINO

ASA - Gilson; Osmar, Tiago Garça, Edson Veneno (Samuel) e Chiquinho Baiano; Jorginho, Glaybson, Valdívia (Reinaldo) e Didira; Léo Gamalho (Wanderson) e Lúcio Maranhão. Técnico - Leandro Campos.

BRAGANTINO - Leandro Santos; Raphael Andrade, Álvaro e André Vinícius; Diego Macedo, Carlinhos, Serginho, Thiaguinho e Rafael Costa (Bruno Iotti); Magno Cruz (Paulinho) e Lincom (Cesinha). Técnico - Vágner Benazzi.

GOLS - André Vinícius, aos 2, e Lúcio Maranhão, aos 21 minutos do primeiro tempo; Wanderson, aos 34 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Arilson Bispo da Anunciação (BA).

CARTÕES AMARELOS - Thiaguinho e Raphael Costa (Bragantino); Osmar, Tiago Garça, Léo Gamalho, Edson Veneno, Chiquinho Baiano, Jorginho e Didira (ASA).

CARTÃO VERMELHO - Thiaguinho (Bragantino).

RENDA - R$ 10.685,00.

PÚBLICO - 2.009 pagantes.

LOCAL - Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BASABragantino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.