AP
AP

Ashley Cole anuncia saída do Chelsea após oito anos

Lateral está com contrato no fim e não foi procurado pelo clube para renovar

Agência Estado

20 de maio de 2014 | 09h41

LONDRES - Depois de ficar de fora da convocação da seleção inglesa para a Copa do Mundo, o lateral Ashley Cole também deve deixar o clube pelo qual atua. Com contrato chegando ao fim, ele revelou que não vai renovar com o Chelsea. O veterano de 33 anos ainda demonstrou certa mágoa com a forma como seu ciclo no time londrino está chegando ao fim.

"Estou pensando nas minhas opções para a próxima temporada com o meu agente e, infelizmente, não parece que o Chelsea será uma delas", escreve o jogador no Twitter, antes de agradecer ao clube. "Obrigado ao Chelsea por fazer meus oito anos lá cheios de prazer para trabalhar. Passamos por muitas coisas, boas e ruins."

Revelado na divisões de base do Arsenal, Cole chegou ao rival Chelsea em uma polêmica transação em 2006, que envolveu a ida de Gallas para o time de Arsène Wenger. No clube de Stamford Bridge, conquistou, entre outras coisas, uma Liga dos Campeões, uma Liga Europa e um Campeonato Inglês.

Nos últimos anos, no entanto, teve uma queda vertiginosa de desempenho e chegou a ficar no banco em diversas oportunidades com José Mourinho na temporada passada. "Agora estarei procurando por outra jornada na minha vida e espero que possa ser como minhas outras, cheia de diversão e, claro, de vitórias", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.