Assim como Beckham, Cassano é reintegrado no Real Madrid

Dois dias após o tropeço em pleno o Estádio Santiago Bernabéu - empate sem gols com o Bétis -, o treinador italiano Fabio Capello decidiu nesta segunda-feira reintegrar no Real Madrid o compatriota Antonio Cassano. O atacante havia sido afastado no time espanhol no fim de outubro por criticar o técnico. "Cassano estará de volta ao grupo na semana que vem. Ele perdeu peso, está treinando muito bem e mostra boa condição física. Devo relacioná-lo já para as próximas partidas", disse Capello, às vésperas do confronto com o alemão Bayern de Munique, pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões da Europa. A partida acontece na capital espanhola, nesta terça-feira.Recuperados de lesões, os laterais brasileiros Roberto Carlos, que havia sofrido um estiramento muscular na perna direita, e Marcelo, que tinha torcido o tornozelo direito, foram relacionados para a partida com os germânicos. Os brasileiros Robinho e Emerson também aparecem na lista.Contratado pelo Real Madrid em janeiro de 2006, Cassano, que chegou a ser oferecido ao Palermo - clube o italiano recusou -, teve como companheiros de ´castigo´ o meia David Beckham e o atacante Ronaldo. De saída para o norte-americano Los Angeles Galaxy, o inglês já havia sido reintegrado no início do mês, mas Ronaldo preferiu deixar o Real para defender o Milan.Capello com garantias da diretoriaO porta-voz da diretoria do Real Madrid, Miguel Ángel Arroyo, afirmou que o italiano Fábio Capello continuará treinando o clube, apesar dos últimos tropeços dentro do Campeonato Espanhol. "Todas as notícias sobre uma possível mudança são especulações. Sequer foi cogitada entre os diretores a sua saída."Atualizado às 17h20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.