Assis diz que Ronaldinho quer Manchester

Ronaldinho Gaúcho não quer o Barcelona nem o Real Madrid. Se valer a sua vontade, o destino será o Manchester United. Roberto Assis, irmão e procurador de Ronaldinho, disse nesta quinta-feira que a prioridade do jogador é mesmo o clube inglês. Mas Joan Laporta, presidente do Barça, garante que levará o brasileiro."O Ronaldinho quer ir para o Manchester e agora espera que se concretize o acordo entre o Paris Saint-Germain e o clube inglês", disse Assis, que, em dezembro do ano passado, se reuniu com Alex Fergunson, técnico do Manchester.Naquela reunião, Fergunson garantiu a Assis que Ronaldinho Gaúcho era prioridade do Manchester na temporada 2003/2004. O treinador ressaltou que faria o impossível para levar o jogador para a Inglaterra.Laporta, informado das declarações de Assis, comentou nesta quinta que até sábado ou no máximo domingo fechará a contratação de Ronaldinho. "Existe uma oferta séria, que inclui um valor (US$ 34 milhões) e alguns jogadores e parece que o PSG a considera séria e está estudando. Acredito que antes do fim de semana teremos uma definição sobre uma solução satisfatória para todas as partes."O dirigente catalão aceita colocar na negociação dois dos seguintes três jogadores: o zagueiro francês Christanval, o volante brasileiro Fábio Rochemback e o meia argentino Riquelme - que iria por empréstimo.O Real Madrid ainda mantém o interesse em Ronaldinho Gaúcho. Florentino Perez, presidente do clube espanhol, confirmou que espera contratar o brasileiro e aproveitá-lo no ano que vem. Em Madri, se especula que há um pré-contrato entre o atleta e o Real.Enquanto os dirigentes negociam, a comissão técnica do Paris Saint-Germain aguarda a apresentação de Ronaldinho para os treinos da pré-temporada en Aix-les-Bains.

Agencia Estado,

10 de julho de 2003 | 20h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.