Daniel Jayo/Efe
Daniel Jayo/Efe

Associação Argentina 'vira a mesa' e organiza campeonato com 30 times

Torneio ganha dez equipes e medida pode beneficiar o Independiente, atualmente na segundona

O Estado de S. Paulo

30 de abril de 2014 | 09h25

BUENOS AIRES - A Argentina aprovou nesta terça-feira uma grande novidade no campeonato nacional de futebol. A partir de fevereiro do ano que vem, o torneio terá dez times a mais, em um total de 30 partipantes. Segundo o jornal O, no segundo semestre deste ano, dez times vão subir da Primeira B Nacional, a segunda divisão do país.

A novidade foi aprovada em uma reunião na sede da Associação Argentina de Futebol (AFA), presidida por Julio Grondona. Na votação, a maioria dos clubes aprovou a medida, que segundo o dirigente, vai permitir que "se fomente projetos de longo prazo", além de possibilitar "maiores paciência e tolerância, ao federalizar a competência".

O regulamento prevê o formato de todos contra todos em apenas um turno, em um total de 29 rodadas. Está marcada uma data extra específica para a repetição do clássico entre Boca Juniors e River Plate.

A inclusão de mais equipes pode beneficiar o tradicional Independiente, o maior vencedor da história da Copa Libertadores, com sete títulos, que foi rebaixado e atualmente disputa a segunda divisão. Para definir os dez novos integrantes do Campeonato Argentino em 2015, a AFA estabeleceu um novo regulamento.Os 22 times serão divididos em duas chaves de 11 cada. Todos jogarão contra todos em turno e returno e os cinco primeiros de cada grupo serão promovidos.

O sistema de classificação para as copas continentais também vai mudar. Para a Libertadores de 2016 terão vagas o único campeão argentino, o ganhador da Copa Argentina, o time do país com melhor campanha na Copa Sul-Americana do ano anterior e duas equipes provenientes da Liguilla. Já para a Sul-Americana, terão presença o campeão da Supercopa da Argentina e os outros cinco a ser definidos pela Liguilla.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.