Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Assunção e Miralles reforçam o Santos no clássico com o Palmeiras

Ambos estão recuperados de problemas físicos e clínicos e se colocam à disposição de Muricy Ramalho

SANCHES FILHO, Agência Estado

22 de abril de 2013 | 18h21

SÃO PAULO - Muricy Ramalho vai ter a volta de dois jogadores experientes para enfrentar o Palmeiras, sábado, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Campeonato Paulista: Marcos Assunção, o homem da bola parada, e Miralles. Também Pato Rodriguez, que foi liberado no fim de semana para ir à Argentina, em razão da morte da sua avó, ficará à disposição do treinador.

Miralles começou bem a temporada, marcou dois gols na vitória por 3 a 1 contra o São Paulo na Vila Belmiro, no melhor jogo do Santos em 2013, mas sofreu lesão na coxa na derrota diante do Paulista, no Pacaembu, domingo de carnaval, dia 10 de fevereiro, e nunca mais foi o mesmo. O atacante argentino retornou contra o Mirassol, com uma fraca atuação, e voltou a sentir a lesão no empate por 0 a 0 diante do Palmeiras.

Depois de retomar o tratamento de fisioterapia e de ter feito um trabalho para reforçar a musculatura, Miralles foi finalmente liberado para treinar com bola na semana passada. Os médicos dizem que ele está pronto para voltar em segurança e ser a sombra para André, que tem agora a confiança de Muricy. Foi ele que o técnico escolheu na vitória diante do Penapolense, domingo, na Vila.

CONTRA O EX-CLUBE

Marcos Assunção ainda não conseguiu se firmar no seu retorno ao Santos. Até agora, ele participou de apenas quatro jogos e ainda não fez o esperado gol de falta. O volante chegou ao Santos na fase final da recuperação de uma contusão no joelho direito e por isso demorou a reestrear. Quando dava os primeiros sinais de adaptação com os novos companheiros, sentiu outra lesão e voltou para o departamento médico. Há 10 dias, ele foi acometido de uma amidalite purulenta e teve de ser internado num hospital da capital. No fim da semana passada, Assunção participou de treinos com bola e deve ficar no banco de reservas nESTE sábado, contra o seu ex-clube.

PRESIDENTE REASSUME

O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro teve alta na sexta-feira passada, depois de ficar internado durante 40 dias, em razão de problemas cardíacos. O dirigente se licenciou do cargo, com a aprovação do Conselho Deliberativo, no dia 12 de março, ainda repousa em casa, em São Paulo, e vai reassumir a presidência do clube na próxima segunda-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.