Joe Camporeale/ USA Today Sports
Joe Camporeale/ USA Today Sports

Astro da NBA será dono de time de futebol em Porto Rico

Carmelo Anthony comandará time da NASL, divisão inferior dos EUA

Estadão Conteúdo

11 de junho de 2015 | 18h42

Longe de viver os melhores dias com seu New York Knicks, o ala Carmelo Anthony atacará em nova frente. Nesta quinta-feira ele confirmou que entrará no mundo do futebol, mas não como jogador. O astro da NBA será dono de uma nova equipe em Porto Rico, que disputará a North American Soccer League (NASL), uma espécie de divisão inferior dos Estados Unidos.

O próprio Carmelo lançou o projeto nesta quinta e revelou que a nova equipe se chamará Porto Rico FC. A ideia é contar com o apoio de todo o país, já que se tratará de uma equipe porto-riquenha disputando a segunda principal liga de futebol dos Estados Unidos, atrás apenas da Major League Soccer (MLS).

"Para mim, é uma honra trazer de novo o futebol a Porto Rico, minha amada ilha, local de nascimento do meu pai e um lugar especial que, como vocês sabem, levo com orgulho no meu coração e na alma", disse Carmelo através de comunicado.

A criação de Porto Rico FC de fato é o retorno do futebol profissional ao país, que não tinha um clube desde 2012, quando o Porto Rico Islanders fechou as portas. A equipe chegou a participar da Liga dos Campeões da Concacaf e ganhou títulos no Caribe, mas não resistiu e acabou deixando o esporte.

A chegada de Carmelo Anthony é mais um reforço para a NASL, que já conta com nomes de prestígio nos bastidores, como Ronaldo e Paolo Maldini. O ex-atacante da seleção brasileira é um dos donos do Fort Lauderdale Strikers, enquanto Maldini faz parte do projeto do Miami FC, apresentado na semana passada.

O Porto Rico FC será o 13.º clube da NASL e mandará suas partidas no Estádio Juan Ramón Loubriel, localizado na cidade de Bayamón. A maior atração da liga no momento é o New York Cosmos, um dos principais times da história do futebol norte-americano, que conta com o consagrado atacante espanhol Raúl no elenco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.