Atacante André desfalca Atlético-MG na Sul-Americana

Cada vez mais em crise e na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG vê na Copa Sul-Americana uma chance de respirar e tentar mudar os rumos de sua temporada. Nesta terça-feira, a equipe mineira volta a enfrentar o Botafogo em busca da classificação à próxima fase da competição continental.

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2011 | 17h33

Como já enfrentou o Botafogo sábado, no Engenhão, pelo Brasileirão, o Atlético-MG continua no Rio para o jogo desta terça. Pela Sul-Americana, o time mineiro espera melhor sorte do que na competição nacional, pela qual foi derrotado por 3 a 1.

Para o jogo desta terça, o Atlético-MG vai ter o reforço de Réver, que foi reintegrado ao grupo na manhã de domingo. Ele não participou do jogo do Brasileirão por estar suspenso. Por outro lado, o time perdeu André, que sente dores no tornozelo esquerdo e será poupado. Além dele, Bernard, Pierre e Triguinho já voltaram a Belo Horizonte, porque não foram inscritos na sul-americana.

No treino desta segunda-feira no CFZ, Cuca trabalhou o posicionamento da equipe e a saída de bola, além de finalizações e jogadas de bola parada. Para se classificar, o Atlético-MG tem que vencer por pelo menos um gol de diferença, desde que marque três gols ou mais. Se devolver os 2 a 1 que sofreu em Ipatinga, o time mineiro leva a decisão para os pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGCopa Sul-Americana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.