Divulgação/Boca Juniors
Divulgação/Boca Juniors

Atacante do Boca promete pressão ao Palmeiras: Têm que sentir o peso'

Ex-Cruzeiro, Ábila pede ataque constante ao time brasileiro em jogo desta quarta-feira, pela Copa Libertadores

O Estado de S. Paulo

25 de abril de 2018 | 11h00

O Boca Juniors quer atacar bastante o Palmeiras para conseguir o resultado positivo na partida desta quarta-feira, pela Copa Libertadores, em La Bombonera. Em entrevista coletiva na Argentina, o atacante Ábila, ex-Cruzeiro, afirmou que será necessário atacar desde o início para o time conquistar a vitória e assumir a liderança do grupo.

+ Palmeiras vai ao 'caldeirão' do Boca Juniors para conseguir a paz

+ Equipe com calouros em La Bombonera vai para jogo com o Boca

"Com o Palmeiras temos que ser decisivos desde o primeiro minuto e fazê-los sentir o peso de sermos locais. Vamos fazer com que não se sintam cômodos e levá-los perigo. É um rival de categoria", comentou o jogador, que defendeu o Cruzeiro entre 2016 e 2017. Ábila chegou ao Boca em agosto, foi emprestado ao Huracán e somente neste ano passou a ter sequência como titular.

A equipe argentina tem cinco pontos na Libertadores, ante sete do Palmeiras. Nas duas últimas rodadas o Boca enfrenta na Colômbia o Junior Barranquilla e recebe o Alianza Lima em Buenos Aires. No confronto no primeiro turno entre o time brasileiro e o argentino, o resultado foi de 1 a 1, com gols de Keno e Tévez.

Ábila vem confiante para o jogo em Buenos Aires por ter marcado dois gols no fim de semana, na vitória do time por 3 a 1 sobre o Newell's Old Boys. "Os gols me dão confiança. Fico feliz por marcar. Mas há outras funções que devo cumprir para a equipe. Fico feliz quando o grupo atinge seus objetivos", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.