Efe
Efe

Atacante do CSKA Sófia é preso por sequestrar e espancar modelo

Orlin Orlinov acaba detido pela polícia búlgara após agredir Katrin Vacheva; ela sofreu uma concussão e quebrou o nariz

Efe,

23 de março de 2010 | 17h46

O atacante Orlin Orlinov, do CSKA Sófia, foi detido pela polícia búlgara acusado de sequestrar e espancar a modelo e apresentadora de televisão Katrin Vacheva, informou a rede de televisão local bTV.

 

Vacheva, de 27 anos, sofreu uma concussão, teve o nariz quebrado e ficou com vários hematomas por todo o corpo.

 

O ataque aconteceu na noite de domingo, mas só foi revelado nesta terça-feira.

 

A apresentadora afirmou que conheceu o jogador naquela mesma noite em um restaurante nos arredores de Sófia e depois lhe ofereceu uma carona.

 

Ao se negar a entrar na residência de Orlinov, de 21 anos, este começou a agredi-la.

 

"Ele me jogou no chão e me bateu na barriga, nas costas, em todas as partes do corpo. E gritou que eu teria que entrar com ele. Depois me forçou a entrar em seu apartamento, onde continuou a surra. Todo o chão ficou coberto com meu sangue", relatou.

 

Vacheva conseguiu escapar após ficar sequestrada por dez horas, durante as quais continuou sendo espancada.

 

"Orlinov me disse que sou bonita e, segundo ele, as mulheres bonitas merecem apanhar", acrescentou a modelo, que chamou a polícia logo após ter fugido.

 

O atacante foi preso preventivamente e reconheceu ter agredido Vacheva, mas "muito pouco".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.