Atacante do Hertha é preso na Colômbia após atropelar ciclista

BERLIM - O atacante colombiano Adrián Ramos, do Hertha Berlim, foi preso em seu país após ter atropelado na última sexta-feira um ciclista e seu exame alcoólico dar positivo, e deverá se reapresentar com atraso ao clube para os treinos visando a segunda metade da temporada, informa nesta segunda-feira o jornal Bild.

Efe

27 de dezembro de 2010 | 10h12

Enquanto o diretor-geral do Hertha, o ex-jogador Michael Preetz, diz acreditar que o jogador conseguirá voltar para a Alemanha na terça, o assessor de Ramos, Hemuth Wennin, explicou ao jornal que a situação é complexa, já que na Colômbia o caso ganhou grande repercussão.

"Este tipo de acidente é freqüente na Colômbia. Mas como Adrián é um jogador famoso, a atenção dada é maior ainda", afirmou.

Ramos atropelou o ciclista José Albeiro Brrios Gómez, de 30 anos, quando este se dirigia ao trabalho. A vítima, um trabalhador da construção civil, foi internado em um hospital de Cáli com traumatismo craniano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.