André Moreira/Volta Redonda
André Moreira/Volta Redonda

Atacante do Volta Redonda sofre pisão no saco escrotal e passa por cirurgia no Recife

MV, como é conhecido, machucou parte íntima durante partida com o Santa Cruz pela Série C do Brasileiro; procedimento cirúrgico é bem sucedido e atleta volta ao Rio nesta quarta

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2021 | 13h17

O atacante Marcos Vinicius, também conhecido como MV, do Volta Redonda, passou por uma situação desconfortável após a derrota do time fluminense para o Santa Cruz. O jogador necessitou de uma operação cirúrgica para reconstruir o saco escrotal, local onde sofreu um pisão na região íntima durante a partida, válida pela terceira divisão do Campeonato Brasileiro.

Segundo nota médica da equipe, o atleta não teve problemas na intervenção cirúrgica, feita no Real Hospital Português, localizado no Recife. MV teve alta nesta terça-feira e volta ao Rio na manhã desta quarta. 

Jogando no Estádio do Arruda, o atacante foi derrubado no fim da etapa inicial pelo meia Tarcísio, que pisou no adversário na sequência da jogada. O jogador do Volta Redonda foi atendido pela equipe médica e deixou o campo de ambulância direto para o hospital.

Recentemente, o atleta de 22 anos renovou seu contrato até o fim de 2022 com a equipe da Série C. Campeão da quarta divisão nacional em 2016, o time do Sul Fluminense integra a elite do Campeonato Carioca.

Confira o comunicado divulgado pelo Volta Redonda

Nota médica

O atacante MV se lesionou durante o jogo diante do Santa Cruz, saiu de campo de ambulância e precisou ser submetido a uma pequena cirurgia para reconstrução da bolsa escrotal, realizada nesta madrugada pela equipe médica do Real Hospital Português, no Recife.

A cirurgia foi um sucesso, o atleta está em um quarto particular, acompanhado pelo gerente de futebol Zada, e terá alta hoje de tarde, ficando em um hotel até o horário do voo de volta, que será na manhã desta quarta-feira.

O Volta Redonda agradece toda a equipe médica do hospital Real Português pelo grande atendimento e carinho que tiveram com o nosso atleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.