Atacante eslovaco exige respeito com a Itália

Ainda lutando por uma vaga nas oitavas de final do Mundial, a Eslováquia enfrenta na quinta-feira a Itália, atual campeã mundial que ainda não engrenou na Copa - empatou as duas primeiras partidas. Mas apesar do mau momento do adversário, o atacante Martin Jakubko exigiu respeito com os italianos.

AE, Agência Estado

22 de junho de 2010 | 08h58

"A Itália é um time muito bem-sucedido. Eles ganharam a Copa do Mundo quatro vezes, incluindo a última. É tudo o que se pode dizer sobre a Itália", afirmou o atacante eslovaco.

"Há poucas seleções que sempre são tradicionalmente fortes nesta competição. A Alemanha, por exemplo. Nós somos apenas iniciantes", acrescentou Jakubko. Para avançar às oitavas de final, a Eslováquia precisa derrotar a Itália e torcer para que a Nova Zelândia não vença o Paraguai, também na quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.