Atacante Jardel é acusado de agressão em Fortaleza

Caseiro diz ter levado um soco do jogador e uma pancada na cabeça do seu segurança

Carmem Pompeu, especial para o Estadão,

20 de julho de 2007 | 20h13

O atacante Mário Jardel, com passagens pela seleção brasileira e por clubes como Vasco da Gama, Grêmio e Porto, é acusado de espancar o caseiro Expedito Mauro Freitas, de 46 anos. Expedito trabalhava para o jogador na casa dele no bairro Dunas, em Fortaleza.A agressão, de acordo com Boletim de Ocorrência (BO) registrado pela polícia cearense, ocorreu na quarta-feira à noite. Segundo Expedito, Jardel o agrediu com um soco no peito. O atleta teria ficado irritado com o fato de o caseiro ter demorado a chegar com as compras que foi fazer no mercado. Naquele dia, o jogador estava promovendo um jogo de futebol com amigos no campo localizado em sua propriedade.Momentos depois, já na casa ocupada por ele e pela família e que fica nos fundos da mansão do atleta, Expedito disse que foi agredido por um segurança particular de Jardel, um policial militar conhecido por tenente Albuquerque. "Ele me deu uma gravata e uma pancada na cabeça com uma arma", diz o caseiro.Após o suposto espancamento, o caseiro e a família teriam sido expulsos da casa do jogador e socorridos pela vizinhança. Expedito foi levado ao 2.º Distrito Policial por vizinhos do jogador, onde foi registrado um BO. O delegado Sidney Ribeiro deu prazo de trinta dias para a conclusão do inquérito.Até esta sexta-feira, o caseira ainda permanecia internado sob observação no Instituto Dr. José Frota. De acordo com o médico que o acompanha, o estado de Expedito é bom. Mas, como ele já havia sido submetido anteriormente a uma cirurgia na cabeça, é preciso fazer novos exames.Jardel não foi localizado para falar sobre o assunto. Com 33 anos, o atacante tem contrato com o Anorthosis Famagusta FC, do Chipre, e estava passando férias na capital cearense.

Tudo o que sabemos sobre:
Atacante Jardel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.