Atacante Mutu é suspenso até outubro por doping

Flagrado pelo uso de sibutramina por duas vezes em janeiro, jogador da Fiorentina recebe punição do Comitê Olímpico Italiano

AE, Agência Estado

19 de abril de 2010 | 11h33

O atacante Adrian Mutu, da Fiorentina, foi suspenso por nove meses nesta segunda-feira por causa de doping, pelo Comitê Olímpico Italiano. Com a punição, o jogador de 31 anos só poderá voltar aos gramados no final de de outubro.

Mutu foi flagrado no exame antidoping com a substância sibutramina por duas vezes em janeiro, ao fim das partidas contra o Bari e a Lazio, pelo Campeonato Italiano.

Ao saber da punição, Mutu mostrou insatisfação com a duração da pena. "Não estou contente. É uma suspensão muito extensa e excessiva por causa de um laxante", reclamou o atleta, ao se referir à substância que é usada para emagrecer.

O advogado do jogador avisou que poderá recorrer à Corte Arbitral do Esporte, em Lausanne, na Suíça, para reverter a decisão do tribunal italiano. Mutu já havia sido suspenso por sete meses em 2004 ao testar positivo para cocaína quando ainda defendia o Chelsea.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFiorentinaMutudoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.