Reprodução|Instagram
Reprodução|Instagram

Atacante Rossi anuncia saída do Goiás e ida para a Chapecoense

Atacante faz parte da reformulação do time catarinense

Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2016 | 17h23

Em reconstrução após o trágico acidente aéreo que matou boa parte de seu elenco na Colômbia, a Chapecoense aos poucos vai remontando seu elenco para 2017. Nesta tarde de quarta-feira, foi a vez do atacante Rossi, que disputou a Série B do Campeonato Brasileiro pelo Goiás, anunciar sua ida para o clube catarinense.

"Obrigado Goiás Esporte Clube por tudo. Hoje, irei vestir outra camisa, da Chapecoense, mas desejo todo sucesso do mundo ao clube esmeraldino! Quando vesti a camisa (do Goiás), prometi honrar e dar a vida por ela. E fiz isso! Obrigado diretoria, torcedores e funcionários do clube! Serei sempre grato", escreveu em sua página no Instagram.

Com isso, Rossi se junta ao zagueiro Grolli, ex-Cruzeiro, e o meia Dodô, ex-Atlético-MG, já confirmados como reforços da Chapecoense para 2017. O goleiro Elias, do Juventude, e o volante Moisés, do Grêmio, também devem ser anunciados em breve para o ano que vem.

No fim de novembro, a Chapecoense perdeu boa parte de seu elenco e toda sua comissão técnica na queda do avião que levava a equipe para a decisão da Copa Sul-Americana e deixou 71 mortos. De lá para cá, o técnico Vágner Mancini foi contratado e tem liderado a reconstrução do elenco do clube, que disputará a Libertadores no ano que vem.

Tudo o que sabemos sobre:
ChapecoenseRossiGoiásFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.