Ronald Wittek/EFE
Ronald Wittek/EFE

Atacante testa positivo para o coronavírus e desfalca Real Madrid contra o City

Mariano Díaz fez o teste nesta terça-feira e descobriu que está com o vírus

Redação, Estadão Conteúdo

28 de julho de 2020 | 10h22

A pouco menos de duas semanas para o duelo contra o Manchester City, na Inglaterra, pela rodada de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, o Real Madrid já sabe que terá um desfalque importante. Atualmente reserva, mas que sempre é aproveitado pelo técnico francês Zinedine Zidane, o atacante dominicano Mariano Díaz testou positivo nesta terça-feira para covid-19 nos exames realizados antes da volta do elenco aos treinamentos.

"Após os testes de covid-19 realizados individualmente em nosso time principal de futebol pelos Serviços Médicos do Real Madrid, nosso jogador Mariano testou positivo. O jogador está em perfeita saúde e cumprindo o protocolo de isolamento sanitário em casa", informou o clube de Madri em um comunicado oficial divulgado em seu site oficial e nas redes sociais.

O jogador de 26 anos contraiu o novo coronavírus durante o período de folga de 10 dias dado ao elenco depois da conquista do título do Campeonato Espanhol. Foi o primeiro caso de covid-19 no grupo merengue. A reapresentação dos jogadores aconteceu nesta terça-feira na Ciudad Real Madrid, o CT do clube localizado em Valdebebas, na região metropolitana de Madri.

Apesar de não ser titular, Mariano Díaz, que já teve uma passagem pelo Lyon, da França, é uma opção para Zidane em caso de necessidade por lesão ou por gols. O dominicano foi o responsável por anotar o segundo gol da vitória por 2 a 0 no clássico contra o Barcelona, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, em março, pelo Campeonato Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.