Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Wallace Teixeira/ Photocamera
Wallace Teixeira/ Photocamera

Atacante Washington anuncia aposentadoria do futebol

Ele afirma que tomou decisão após conversas com membros da comissão técnica e da diretoria do Fluminense

Agência Estado

13 de janeiro de 2011 | 15h20

RIO - O atacante Washington anunciou nesta quinta-feira a sua aposentadoria do futebol. Sob lágrimas, o ex-jogador oficializou a sua decisão em Mangaratiba, onde o Fluminense realiza a sua pré-temporada, ao lado do vice-presidente de futebol, Alcides Antunes, e do presidente da Unimed, Celso Barros. Ele admitiu que não foi fácil tomar a decisão de parar, definida após conversas com membros da comissão técnica e da diretoria do clube carioca.

Veja também:

especialA trajetória de Washington

linkConca faz primeiro trabalho com bola após cirurgia

"Quero comunicar a todos que estou deixando o futebol, o que é difícil dizer. É uma decisão que tomamos em conjunto. Foi difícil. Estava me preparando para jogar mais esse ano, mas conversamos nesses últimos dois dias, repensamos e decidi realmente parar. É um momento difícil demais, é uma coisa que mexe com a gente, mas um dia ia parar. Um dia a profissão acaba e é importante ter hombridade e humildade para saber que nada vai apagar o que dei ao futebol e o que o futebol deu para mim", afirmou.

Washington tem 35 anos e iniciou a sua carreira no Caxias (RS). Depois, passou por Internacional, Ponte Preta, onde foi artilheiro do Campeonato Paulista em 2001 e Fenerbhaçe, da Turquia, até chegar ao Atlético Paranaense. Em Curitiba, ele chegou a ter sua carreira profissional em risco em 2003, quando foi reprovado em exames cardiovasculares.

Ele, porém, se recuperou, se consagrou no clube ao ser o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2004 e recebeu o apelido de Coração Valente. Depois, defendeu Tokyo Verdy e Urawa Red Diamonds, no Japão. Voltou ao País para defender o Fluminense em 2008, onde foi um dos artilheiros do Brasileirão de 2008, e se transferiu no ano seguinte para o São Paulo. Em 2010, voltou ao time das Laranjeiras, onde faturou o título do Brasileirão.

"Realizei o sonho de ser jogador de futebol. Dentro deste sonho conquistei título, amigos... É duro dizer alguma coisa neste momento. Quero agradecer a Deus, minha família, amigos, companheiros, treinadores, clubes onde marquei minha história. Desculpem a emoção, é até meio chato, mas não aguento. Só quero agradecer", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.