Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Atacantes da Lusa tentam acertar pontaria

Em três jogos, a Portuguesa conquistou quatro pontos e ocupa a 14ª posição no Campeonato Brasileiro da Série B. Mas o time poderia estar melhor colocado, não fosse o fraco desempenho do ataque. Até agora, marcou apenas um gol - assinalado pelo zagueiro Alex Oliveira, de cabeça, contra o Bahia. "Sabemos que precisamos melhorar e estamos nos cobrando, nos treinamentos", disse o atacante Edmilson. "Está faltando tranqüilidade na hora de finalizar."Nos treinos da semana, o fundamento que o time mais trabalhou foram os chutes ao gol. De todas as formas: de média e curta distância, em cobranças de falta, jogadas ensaiadas, cruzamentos e escanteios. Elenco e comissão técnica concordam que a equipe melhorou. Por isso, Edmilson está otimista para o jogo contra o América-RN, nesta sexta-feira, no Canindé. "Ainda não marquei gol, mas quando sair o primeiro, tenho certeza que virão muitos pela frente."O atacante, que já passou pelo Palmeiras e estava no futebol japonês, não tem medo de ser cobrado, caso fracasse novamente na próxima partida. "Gosto de assumir responsabilidades. Desde que cheguei à Portuguesa, aceitei o desafio e não me importo de ser cobrado pela torcida", afirmou Edmílson. "Mas estou confiante que faremos uma grande apresentação diante do América."O técnico Paulo Comelli comandou um treino técnico-tático nesta quarta-feira à tarde, no Canindé. Como não tem problemas de contusão ou suspensão no elenco, manterá o time que empatou por 0 a 0 contra o Sport, no domingo.O treinador ainda aguarda a chegada de reforços. O meia Bechara, ex-Ceará e Marília, continua em negociações com a diretoria e pode assinar contrato até o fim da semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.