Ivan Storti|Divulgação
Ivan Storti|Divulgação

Atacantes Neto Berola e Patito Rodríguez devem deixar o Santos

Os dois não conseguiram se firmar como titulares

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2016 | 20h06

Mesmo precisando de reforços para suprir a ausência de Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira, convocados pela seleção brasileira para a Copa América, o Santos deve dispensar os atacantes Neto Berola e Patito Rodríguez.

Os dois não foram relacionados para a partida contra o Galvez, na qual só os reservas garantiram a classificação à próxima fase da Copa do Brasil, e já foram avisados de que não devem permanecer. Neto Berola, estava emprestado pelo Atlético-MG até 31 de maio, e Patito Rodríguez tem contrato até 20 de julho.

Os dois não conseguiram se firmar como titulares. Neto Berola chegou ao Santos em maio de 2015 e nunca teve sequência. Foram 28 partidas e dois gols marcados.  Patito Rodríguez foi contratado em 2012, do Independiente. No período, foi emprestado em dois momentos diferentes, para o Estudiantes e para o Johor, da Malásia. Fez 50 jogos com a camisa santista e dois gols.

Apesar da saída dos dois, o Santos ainda corre atrás de reforços. O atacante Rodrigão, do Campinense, está acertado, assim como o zagueiro Fabián Noguera, do Banfield. Os próximos nomes, que podem ser anunciados nesta semana, são o de Jonathan Copete, do Atletico Nacional, e o de Yuri, volante do Audax. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.