Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Ataíde admite 'vergonha' no São Paulo e promete cobrar elenco

Vice-presidente vai exigir a volta do bom futebol pela Libertadores

Estadão Conteúdo

22 Novembro 2015 | 20h57

O vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, garantiu que haverá cobrança forte por causa da goleada histórica sofrida neste domingo diante do Corinthians, por 6 a 1, no Itaquerão. Também disse que o novo técnico está "quase contratado" e que até o fim da semana deverá haver definição.

"É lamentável, estamos todos envergonhados. Tem que haver cobrança sim, perder de 6 a 1 para o Corinthians... Vamos partir para uma reação", afirmou Guerreiro. Ele entende que é preciso concentração total para o time vencer as duas partidas que restam e garantir vaga na Copa Libertadores.

Ataíde comentou que a contratação do treinador é parte importante do planejamento para 2016. "Nessa semana temos que liquidar a questão do novo treinador. Não vou falar sobre nomes, mas vamos resolver."

O técnico-interino Milton Cruz disse que todos no grupo ficaram "indignados" com a goleada sofrida, mas atribuiu o mau rendimento ao desgaste e aos desfalques. "Foi frustrante. Nós viemos de um jogo desgastante contra o Atlético-MG. Se fossem os titulares, o jogo não seria o mesmo."

A goleada ainda deve gerar bastante dor de cabeça para a diretoria nos próximos dias. Uma das organizadas do São Paulo avisou à noite pelo Twitter que iria ao CT protestar contra a atuação do time.

Mais conteúdo sobre:
futebol Brasileirão São Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.