Ataque do Flu mostra eficiência

O técnico do Fluminense, Abel Braga, tem uma certeza para o último jogo da final do Campeonato Carioca, domingo, contra o Volta Redonda: se a equipe não sofrer gols será campeã. "Tenho um time que sabe balançar a rede adversária". No coletivo de quinta-feira, os titulares venceram os reservas por 9 a 0. E, hoje, o treinador viu seus jogadores treinarem finalizações com eficiência. Para ficar com o título, o Fluminense precisa superar o Volta Redonda por dois gols de diferença ou vencer por um gol, o que levará a decisão para a disputa por pênaltis. Durante a movimentação de hoje, a dupla de ataque, Tuta e Leandro, teve bom aproveitamento, a exemplo de outros jogadores de meio-de-campo. Abel Braga gostou da disposição do elenco de tentar melhorar a cada dia. "Exigi dos atacantes aprimorarem os chutes a gol. Mas, de forma expontânea, outros atletas também participaram da atividade. É bom ver a vontade do grupo", declarou. Antes, o técnico do Fluminense comandou um treino-tático, onde exigiu uma equipe "compacta", que ataque e, ao mesmo tempo, defenda com segurança. "Não se pode repetir os erros do primeiro jogo", afirmou Abel Braga, que classificou como importante a semana de preparação em Cabo Frio, longe "da família e dos amigos". "Foi ótimo. É bom ter esse convívio diário, de dormir e acordar junto. Além disso, não tem parente ligando para comprar ingressos, para avisar que o carro enguiçou, entre outras coisas", afirmou o treinador, lembrando que a torcida tricolor em Cabo Frio os recebeu muito bem. Somente uma declaração do atacante Túlio "Maravilha", que prometeu no meio da semana marcar um gol de bicicleta "na grande decisão" , tirou a tranqüilidade dos jogadores do Fluminense. "Ele está falando muito e criando um clima ruim. E não quero que pare de provocar, pois isso só motiva o elenco tricolor. Antes do jogo ele fala, depois será a nossa vez", rebateu o goleiro Kléber.

Agencia Estado,

15 de abril de 2005 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.